PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lista de maiores campeões do Campeonato Paulista: Palmeiras assume 2º lugar

Felipe Melo ergue a taça de campeão paulista de 2020 para o Palmeiras - THIAGO BERNARDES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Felipe Melo ergue a taça de campeão paulista de 2020 para o Palmeiras Imagem: THIAGO BERNARDES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

08/08/2020 04h00Atualizada em 09/08/2020 09h19

Classificação e Jogos

O Palmeiras conquistou o 23º título paulista ao derrotar o Corinthians nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal. Com a taça estadual, o clube alviverde se isolou na segunda posição no ranking dos maiores vencedores do Campeonato Paulista.

O time palmeirense encerrou um jejum que perdurava desde 2008 no Estadual, enquanto o Corinthians buscava um tetracampeonato consecutivo no Estadual, que, desde 1902, foi organizado por cinco diferentes entidades.

Agora, o Palmeiras está a sete conquistas do Corinthians, que soma 30. O Santos levantou a taça em 22 oportunidades, contra 21 troféus do São Paulo.

Entre os grandes clubes do Estado de São Paulo, a fila dos comandados de Vanderlei Luxemburgo nem era a maior, uma vez que o último título do São Paulo foi em 2005. Já o Santos é um dos grandes campeões do século no torneio, com sete taças — a última em 2016, antes da sequência corintiana.

Taça do Campeonato Paulista - Divulgação/FPF - Divulgação/FPF
Taça do Campeonato Paulista será entregue hoje (8), no Allianz Parque, ao novo campeão estadual
Imagem: Divulgação/FPF

Lista de maiores campeões do Campeonato Paulista:

Corinthians - 30 títulos
Palmeiras - 23 títulos
Santos - 22 títulos
São Paulo - 21 títulos
Paulistano - 11 títulos
São Paulo Athletic - 4 títulos
AA das Palmeiras e Portuguesa - 3 títulos
AA São Bento, Germânia, Ituano, SC Americano e SC Internacional - 2 títulos
Bragantino, Inter de Limeira e São Caetano - 1 título

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do informado, o tetracampeonato do Corinthians no Paulistão não seria inédito. O erro foi corrigido.

Futebol