PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Pressionado, técnico do Barça confia em triunfo sobre Napoli na Champions

O técnico Quique Setién ao lado do presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu; treinador afirmou não pensar em demissão se for eliminado amanhã pelo Napoli - Alex Caparros/Getty Images
O técnico Quique Setién ao lado do presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu; treinador afirmou não pensar em demissão se for eliminado amanhã pelo Napoli Imagem: Alex Caparros/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/08/2020 10h00Atualizada em 07/08/2020 15h06

O técnico do Barcelona, Quique Setién, afirmou que a sua equipe está com "energia renovada" para enfrentar o Napoli amanhã, pelo jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões e mostrou confiança na classificação da equipe.

Setién ainda rebateu boatos de que sairá do cargo caso o time seja eliminado. Na partida de ida, as equipes empataram por 1 a 1, na Itália, em fevereiro.

"A possibilidade de que este seja meu último jogo nunca passou pela minha cabeça. Estou calmo. Preparamos (o time) para o jogo pensando que vamos continuar e que vamos enfrentar o restante até o fim com a mesma energia que temos agora", disse hoje em entrevista coletiva.

Em julho, depois de o rival Real Madrid conquistar o Campeonato Espanhol, o treinador foi alvo de críticas e pressionado pela imprensa local para ser demitido. Setién afirmou que a equipe e o clube eram o que importava mais.

Na quarta (5), o presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu disse que o treinador ficará no cargo mesmo se houver a eliminação prematura nas oitavas da Liga dos Campeões.

De acordo com Setién, o intervalo entre o término do Espanhol (em 19 de julho) e o jogo de volta contra o Napoli foi bom para a equipe se recuperar. "Tantas partidas seguidas nos cansaram, mas tivemos tempo suficiente para nos prepararmos de forma adequada agora", explicou.

Com o foco 100% voltado para o Napoli, Setién analisou que o confronto não será fácil.

"O time vem progredindo com (o técnico Gennaro) Gattuso. Embora você diga que é defensivo, é um dos times com maior posse de bola no Campeonato Italiano. Eles se defendem muito bem e sabem atacar. Vamos tentar minimizar esse potencial e o grande momento em que estão", contou.

O treinador explicou que já definiu quem começa a partida, mas não divulgará. Apesar disso, ele indicou que Dembélé, recém-recuperado de lesão, deve ficar fora do confronto de amanhã.

"Os treinamentos [de Dembélé] com o grupo foram poucos e correríamos um grande risco. Ele também não está com muita confiança. Vamos vê-lo em Portugal, se ele puder participar", completou.

Barcelona