PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Jovens, desconhecidos e sem custos: os reforços do Vasco para o Brasileirão

Meia Carlinhos, de 26 anos, assinou contrato com o Vasco até o fim de 2022. Ele estava na Bélgica - Divulgação / Vasco
Meia Carlinhos, de 26 anos, assinou contrato com o Vasco até o fim de 2022. Ele estava na Bélgica Imagem: Divulgação / Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

07/08/2020 04h00

O Vasco tem se movimentado no mercado da bola durante este período de hiato entre o Campeonato Carioca e o Campeonato Brasileiro. Ao todo, já são cinco reforços que carregam praticamente o mesmo perfil: jovens, desconhecidos e sem custos.

A média de idade deles é de 24 anos. Os primeiros a chegarem foram o zagueiro Marcelo Alves, de 22, e o atacante Ygor Catatau, de 25, ambos que vieram por empréstimo do Madureira.

No início desta semana, o Cruz-Maltino anunciou o que talvez seja o mais conhecido: o atacante Guilherme Parede, de 24 anos, que chega por empréstimo do Talleres (ARG) até dezembro e que tem passagens por Coritiba e Internacional.

Ontem (6), foi a vez do meia Carlinhos, de 26 anos, ser anunciado. O jogador estava no Standard Liége, da Bélgica, e é o único que, por enquanto, chega em definitivo com contrato até o fim de 2022.

Ele surgiu no Desportivo Brasil, um clube de empresários. De lá, foi contratado pelo Bayer Leverkusen (ALE), não se firmou e rodou por clubes de Portugal e Suíça antes de chegar ao time belga. Ano passado, defendeu por empréstimo o Guarani. Recentemente estava emprestado ao Vitória de Setúbal (POR).

Outro que deve ser confirmado em breve por empréstimo é o lateral esquerdo Neto Borges, de 23 anos, do Genk, também da Bélgica. O jovem começou a carreira no futebol do Sergipe e se destacou pelo Tubarão (SC), o que lhe abriu as portas para a Europa, onde atuou na Suécia antes de ir para o seu atual clube.

Com as situações indefinidas de Guarín, Raul e Juninho, o Vasco deverá ainda contratar um volante para o Campeonato Brasileiro.

Vasco