PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões 2019/2020

Militão encara 'roubada' na vaga de Sergio Ramos e terá confronto com Jesus

Éder Militão, do Real Madrid, e Gabriel Jesus, do Manchester City - Susana Vera/Reuters e Laurence Griffiths/Getty Images
Éder Militão, do Real Madrid, e Gabriel Jesus, do Manchester City Imagem: Susana Vera/Reuters e Laurence Griffiths/Getty Images

Flavio Latif

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/08/2020 04h00

A segunda partida entre Manchester City e Real Madrid, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, ainda não aconteceu, mas já tem dois personagens que protagonizarão muitos lances importantes dentro de campo: o zagueiro Éder Militão, da equipe merengue, e o atacante Gabriel Jesus, do time inglês.

O defensor brasileiro será titular pela terceira vez na competição europeia, pois Sérgio Ramos foi expulso na derrota por 2 a 1 no jogo de ida, em pleno Santiago Bernabéu, em 26 de fevereiro. Dessa forma, Zinedine Zidane terá que utilizar o jovem de 22 anos ao lado de Varane. Uma verdadeira "roubada", já que o brasileiro entra na vaga de um ídolo do Real, decisivo em edições passadas do torneio europeu.

Militão terá grande responsabilidade ao suprir a ausência do capitão merengue, numa lacuna que a imprensa espanhola fez questão de pesar durante a semana, usando estatísticas. Nas últimas seis oportunidades em que o camisa 4 não esteve em campo com o Real na Champions League, o time só venceu uma vez - no jogo contra o Club Brugge, vitória por 3 a 1, ainda na fase de grupos desta temporada.

"Contra o City não teremos nosso capitão, mas eu estou aqui. Vou fazer uma ótima partida. Podem confiar em mim. Vamos sair vitoriosos", comentou Militão em declaração ao jornal AS, durante a semana.

Nesta temporada, o jogador revelado pelo São Paulo realizou 19 partidas e ajudou sua equipe a não sofrer gols em oito ocasiões. Em sua grande oportunidade na equipe de Zidane, Militão terá a responsabilidade de marcar de perto um compatriota do Manchester City.

Do outro lado, Gabriel Jesus assumiu a posição de titular na equipe de Pep Guardiola, já que em junho Kun Aguero teve uma lesão no joelho esquerdo e ainda não está recuperado.

Essa é a melhor temporada do camisa 9 desde que chegou à Inglaterra: ele marcou 22 gols em 51 jogos com o Manchester City.

A partida que define quem avança às quartas de final da Champions acontece hoje (7), às 16h (de Brasília), no Etihad Stadium, em Manchester.