PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Diniz estuda mudanças no São Paulo após fiasco, e Pato pode perder vaga

Alexandre Pato, do São Paulo - Bruno Ulivieri/AGIF
Alexandre Pato, do São Paulo Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

07/08/2020 04h00

Classificação e Jogos

É claro que Fernando Diniz ficou insatisfeito com a eliminação do São Paulo no Campeonato Paulista, na derrota para o Mirassol. Por isso, não é de se estranhar que o técnico estude mudanças na escalação da equipe para a estreia no Brasileirão, domingo (9), fora de casa, contra o Goiás. Uma das possibilidades é a saída de Alexandre Pato.

O treinador testou nos últimos dias uma formação com o meio-campo reforçado com Luan ou Liziero (na vaga do camisa 7). Dessa maneira, Daniel Alves poderia atuar mais avançado e o sistema ofensivo ficaria com apenas dois jogadores (Pablo e Vítor Bueno).

Nesta temporada, Daniel Alves se mostrou bem adaptado ao meio de campo. O astro balançou as redes cinco vezes e, dificilmente, a bola não passa por seus pés nas construções das jogadas. O próprio Diniz sempre classificou o camisa 10 como um jogador coletivo, sendo que quando o time está bem, ele passa a brilhar mais.

Se mantiver o esquema com três atacantes (4-3-3), Pato deve ser mantido entre os titulares. O técnico tem duas dúvidas: Hernanes, com lombalgia, e Helinho, que sofreu entorse no tornozelo. A dupla foi poupada na atividade no campo, ontem (6), e deve ser reavaliada para saber se terá condições de ser relacionada para o confronto.

Hoje, o time volta a treinar no CT da Barra Funda e Diniz deve fazer mais alguns testes. A delegação já realizou os testes médicos da Covid-19 e viaja amanhã (8) para Goiânia.

São Paulo