PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato Gaúcho cutuca Inter após título em Gre-Nal: "4 a 0 seria mais justo"

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

06/08/2020 01h23

Classificação e Jogos

Renato Gaúcho disse que o Gre-Nal 426 poderia ter terminado com 4 a 0 facilmente. Para o treinador do Grêmio, a atuação gremista foi muito superior ao desempenho do Internacional. Em outro trecho, Portaluppi afirmou que o time de Eduardo Coudet pode se dar por satisfeito por não ter 'tomado mais'. O triunfo por 2 a 0 rendeu título do returno e vaga na decisão.

Maicon e Isaque fizeram os gols. O jogo ainda teve dois expulsos, Orejuela e Patrick.

"O Grêmio foi cirúrgico. A posse de bola do Grêmio é no campo do adversário. Meu time agride o tempo todo, busca objetividade. Busca o gol. Não mudo porque está dando certo há quatro anos. Parabenizei os jogadores pela entrega. Prefiro jogar contra grandes times, porque a concentração do meu time é ainda maior. Enfrentamos nosso maior rival e mais uma vez fomos superiores. Os números não mentem. Se o Grêmio termina a partida com 4 a 0, seria um resultado justo", disse Renato Gaúcho.

Em outra resposta da entrevista coletiva, Renato falou mais uma vez sobre os gols perdidos.

"O Grêmio sempre joga para ganhar. E volto a repetir, hoje o Internacional pode se dar por satisfeito por não ter tomado mais. Se meu time não tira o pé do acelerador, poderia ser pior".

E de fato, após Isaque marcar 2 a 0, o Internacional se jogou ao ataque e ficou exposto. Everton, o próprio Isaque, Luciano e Pepê desperdiçaram chances de ampliar.

Futebol