PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Feira de Denílson e recado de R. Gaúcho: Renata Fan sofre após Gre-Nal

Denílson monta feira após derrota do Inter no Gre-Nal - Reprodução/Band
Denílson monta feira após derrota do Inter no Gre-Nal Imagem: Reprodução/Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/08/2020 12h27

A derrota do Inter para o Grêmio, ontem, pela final do returno do Campeonato Gaúcho, rendeu para Renata Fan. No Jogo Aberto de hoje, a apresentadora foi obrigada a aguentar as provocações de Denílson, que montou uma barraca de feira no estúdio com as cores do Tricolor Gaúcho.

Aproveitando a mesa do programa, o comentarista montou uma tenda e espalhou fotos de jogadores do Grêmio e de Renato Gaúcho, além de camisas do Imortal. Cebolas, cebolinhas e chuchus completaram a decoração.

"Bem-vindo à barraquinha de Denílson Show! Vem comigo! Aqui temos de tudo! Renato Gaúcho, meu parceiro. Tocamos a maior ideia ontem, meu parceiro. Você está diferente. Nem descascou ainda do sol do Rio. Mais uma para a conta. Bom, pessoal, temos cebolinha, cebola e chuchu! Cebolinha, cebola e chuchu! Por que chuchu? Por causa da Carolzinha Portaluppi (filha de Renato Gaúcho), que é um chuchuzinho", afirmou Denílson.

"Já jogaram ontem, mano? Jogaram ontem? Jogaram não, né? Grêmio 6 X 0 Inter. Era para ter sido seis, fora os ameaços", completou.

Renato gaúcho - Reprodução/Band - Reprodução/Band
Renato Gaúcho manda recado para Renata Fan após Gre-Nal
Imagem: Reprodução/Band

Na sequência, foi ao ar um vídeo de Renato Gaúcho, que não perdeu a chance de alfinetar a colorada.

"Oi Denílson, tudo bem? Grande abraço. Como está essa loira aí do teu lado? Deve estar sofrendo muito hoje. De repente até chorou. Renata, encosta a sua cabecinha no meu ombro e chora... E chora", provocou o técnico do Grêmio.

Após aguentar as brincadeiras calada, Renata Fan cobrou os jogadores do Internacional, especialmente William Pottker e Moisés.

"Aí vocês estão dormindo, em casa, concentrados, e eu estou aqui na televisão, para o Brasil e o mundo, tendo que aguentar esse tipo de coisa. Eu, que não treino, que não preparo o time, que não entro em campo. Eu que, iludida, espero há quanto tempo uma reação. É bloqueio psicológico. Toma o primeiro gol e fica paralisado. Pottker e Moises, eu não quero ver vocês hoje na minha frente. Meu Deus! Que aula de como não atuar no clássico", esbravejou a apresentadora.

Em relação ao recado de Renato Gaúcho, a jornalista afirmou que o comandante tem o direito de provocá-la. "Ele está certo! Eu não posso falar nada. Tenho que engolir a seco".

UOL Esporte vê TV