PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio vence Inter de novo em Gre-Nal com dois expulsos e conquista returno

Pedro H. Tesch/AGIF
Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

05/08/2020 23h31

Classificação e Jogos

O Grêmio venceu o Internacional mais uma vez. Hoje, na Arena do Grêmio, o time de Renato Gaúcho fez 2 a 0 na equipe de Eduardo Coudet e ganhou o terceiro dos quatro clássicos disputados em 2020. A vitória valeu título do segundo turno do Campeonato Gaúcho e vaga na decisão contra o Caxias, que venceu a primeira parte do estadual.

O Gre-Nal 426 também repetiu outra passagem recente: teve confusão. Após o segundo gol gremista, Orejuela e Patrick discutiram e receberam cartão vermelho. Houve invasão em campo para separar jogadores.

Os gols do jogo foram de Maicon e Isaque. Antes do fim, Everton perdeu a chance de ampliar mais o placar. E Isaque também parou em Lomba, diante de um Inter completamente entregue.

O Grêmio volta a campo no final de semana, mas resta saber contra quem. A estreia no Campeonato Brasileiro diante do Fluminense está marcada para domingo, em Porto Alegre, mas pode ser adiada. O motivo é a possível final do Gauchão, contra o Caxias.

O Inter joga de novo no sábado, contra o Coritiba fora de casa, pelo Brasileirão.

Quem decidiu: Diego Souza

Assista ao gol do Grêmio e pense. Se você viu o primeiro Gre-Nal de 2020, no Beira-Rio, vai achar semelhanças. Diego Souza venceu a defesa do Inter de novo e depois de cruzamento de Everton. Em lance muito parecido com aquele protagonizado em fevereiro. O centroavante gremista passou a noite toda conseguindo vantagem física contra a defesa colorada.

Quem decepcionou: Edenilson

Um dos destaques no Gre-Nal da fase de grupos da Copa Libertadores, no mesmo estádio — e com direito a bola na trave, volante fez um primeiro tempo apagado. Não ajudou no ataque e sofreu para fechar espaços. No segundo tempo, saiu cedo após dividida com Kannemann.

Cebolinha joga e desequilibra

Everton Cebolinha durante jogo do Grêmio contra o Internacional, em jogo do Gauchão 2020 - Pedro H. Tesch/AGIF - Pedro H. Tesch/AGIF
Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Considerado dúvida horas antes do clássico, pela negociação avançada com o Benfica, Everton Cebolinha entrou em campo. Jogou e jogou bem. Com dribles, explosão, conclusão e cruzamento que terminou em gol de Maicon. A melhor versão do grande nome do Grêmio.

Grêmio elege lado e empilha chances

Pedro Geromel e Thiago Galhardo disputam bola durante clássico entre Grêmio e Internacional no Gauchão 2020 - Pedro H. Tesch/AGIF - Pedro H. Tesch/AGIF
Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

O Grêmio explorou o lado direito com Orejuela e se mostrou mais agudo desde o início. Com toques rápidos, deixou de lado os avanços individuais e apostou em triangulações para vencer a pressão alta do Inter e ganhar metros. Em consequência, teve espaço. Foi para o intervalo com pelo menos três boas chances de abrir o placar, mas em todas faltou pontaria.

No segundo tempo, logo aos quatro minutos, o placar foi aberto e confirmou a superioridade gremista. A conclusão certa de Maicon garantiu tranquilidade ao time — que ainda ampliou depois de erro de Moisés e chute forte de Isaque.

Inter não se encontra e cria pouco

Fora do jogo, o Internacional apostou em chutes de fora da área para não deixar o Grêmio confortável. Conseguiu, mas por muito pouco tempo. Passou a etapa inicial sem conseguir construir nem por dentro e nem por fora. Expediente usado foi bola longa em Guerrero, que conseguiu vitória para fazer o pivô. Faltou aproximação para surgir algo.

Depois do intervalo, o desempenho colorado não melhorou. O gol gremista piorou a situação, que tentou ser revertida com Patrick na vaga de Marcos Guilherme. Sem força no ofensiva, o Inter pareceu perdido.

Epopeia jurídica por D'Alessandro

Horas antes de a bola rolar, o Internacional encampou uma cruzada jurídica para ter D'Alessandro. Mesmo reserva no time de Eduardo Coudet, o argentino foi protagonista de pedido de efeito suspensivo no TJD-RS. Deu certo e no meio da tarde, a punição de dois jogos por ofensas ao presidente da FGF foi deixada de lado temporariamente.

O Grêmio chegou a montar pedido de liminar ao STJD para derrubar o efeito suspensivo, alegando que o auditor do TJD é colorado e parcial na causa, mas não conseguiu avançar na demanda a tempo.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 0 INTERNACIONAL

Data: 05/08/2020 (quarta-feira)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Lúcio Flor e José Eduardo Calza
VAR: Jean Pierre Lima
Cartões amarelos: Boschilia, Guerrero, Moisés, Galhardo, Musto, Eduardo Coudet [técnico] (INT); Renato Gaúcho [técnico], Paulo Victor Matheus Henrique (GRE)
Cartões vermelhos: Orejuela (GRE); Patrick (INT)
Gols: Maicon, do Grêmio, aos 4 minutos do segundo tempo; Isaque, do Grêmio, aos 35 minutos do segundo tempo

GRÊMIO: Vanderlei; Orejuela, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique (Lucas Silva), Alisson, Jean Pyerre (Isaque) e Everton; Diego Souza
Técnico: Renato Gaúcho

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Fuchs, Cuesta e Moisés; Musto, Edenilson (Pottker), Marcos Guilherme (Patrick) e Boschilia; Thiago Galhardo e Guerrero
Técnico: Eduardo Coudet

Futebol