PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Rizek critica possível demissão de Jesualdo: 'Seria uma covardia'

André Rizek, apresentador do SporTV - SporTV/Reprodução
André Rizek, apresentador do SporTV Imagem: SporTV/Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/08/2020 18h52

O apresentador André Rizek criticou a diretoria do Santos por cogitar a demissão de Jesualdo Ferreira. O jornalista do Grupo Globo afirmou que uma demissão dentro do atual cenário do clube seria uma covardia com o treinador português.

"Seria uma covardia (demitir o Jesualdo). Segura um senhor, do grupo de risco, durante a pandemia aqui, atrasando salários do elenco, uma situação caótica. Aí, o cara volta, quatro jogadores são expulsos de forma consecutiva, o time não chega nas finais do Paulista e aí vai ser demitido? Uma covardia", disse Rizek no "Seleção SporTV" de hoje.

O comentarista Lédio Carmona, também presente na atração, corroborou a opinião de André Rizek, ressaltando os bons resultados de Jesualdo Ferreira na primeira fase do Campeonato Paulista e na Copa Libertadores.

"O Jesualdo administra o time e os problemas gerados pelos gestores do clube. (...) O time está jogando no limite do psicológico, está com os nervos em frangalhos. (...) O Santos é um caldeirão, é uma confusão. Eu acho uma covardia com o Jesualdo", disse.

"O time foi o primeiro da fase de grupos, foi para o mata-mata com vários problemas. Na Libertadores, o time ganhou os dois jogos. O que ele vai fazer mais? Que o jogo dele era diferente do DNA do Santos todo mundo sabia. Agora, você bancou o projeto, escolheu o nome, agora tem que bancar. Eu acho uma covardia tirar o Jesualdo agora. O Santos só vai perder tempo", completou Lédio.

UOL Esporte vê TV