PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Réver vê Galo de Sampaoli com elenco superior ao Santos de 2019

Réver, zagueiro do Atlético-MG - Bruno Cantini / Divulgação / Atlético-MG
Réver, zagueiro do Atlético-MG Imagem: Bruno Cantini / Divulgação / Atlético-MG

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/08/2020 19h56

O zagueiro Réver acredita que Sampaoli pode fazer um trabalho ainda melhor no Atlético-MG do que fez no Santos na temporada passada. O defensor do Galo entende que o atual elenco do time mineiro é superior ao grupo de jogadores do Peixe na temporada passada, quando o time da Vila Belmiro foi vice-campeão brasileiro.

"O Sampaoli é um treinador ousado, que gosta de ver o time saindo com bom passe desde o goleiro até o atacante. Ele quer uma equipe competitiva, independente de quem vai jogar. Ele iguala o elenco na cobrança, independente de nome ou experiência e espera o mesmo de todos", disse Réver em entrevista ao Expediente Futebol, do Fox Sports, hoje.

"Espero que ele consiga, sim, colocar o que ele fez no Santos aqui. Mesmo sem tantos jogadores com nome no cenário nacional, ele conseguiu fazer o time jogar um futebol envolvente e disputar o título brasileiro. Então, esperamos que ele faça algo ainda melhor aqui no Atlético e que nós também briguemos pelos títulos", complementou o zagueiro.

Réver coloca o Galo entre os favoritos ao título brasileiro ao lado de Flamengo, Grêmio, Inter, São Paulo e Palmeiras. O zagueiro ressaltou a importância da regularidade para busca de grandes objetivos na competição e citou o exemplo do próprio Atlético-MG na temporada passada como uma lição.

"A estreia do Brasileiro é um jogo muito grande. São equipes que vêm sendo apontadas como candidatas ao título. O Atlético pelo que trouxe no mercado, pelo novo treinador. O Flamengo pelo que fez no ano passado, no início do ano. Mas tem Grêmio, Inter, Palmeiras, São Paulo", afirmou.

"Não podemos achar que vamos brigar por título se não jogarmos bem. Sem regularidade no Brasileiro, os objetivos não são alcançados. Nós mesmos sofremos com isso no ano passado: terminamos o primeiro turno no G4 e acabamos na parte de baixo da tabela, chegando a brigar contra o rebaixamento. Então, regularidade é essencial para pensar em título", analisou o zagueiro.

O zagueiro do Atlético-MG ainda falou sobre seu futuro. Réver acredita que não está longe da aposentadoria e explicou que deseja terminar a carreira em alto rendimento, antes que as pessoas peçam para que ele pendure as chuteiras.

"Estou mais na fase de finalizar minha carreira do que de fazer muitos planos para o futuro. Eu quero parar bem. Eu não quero esperar que as pessoas falem que eu preciso parar. Não quero chegar no ponto de 'pararem com o Réver'. Não preciso disso no fim da minha carreira. Então, eu quero cumprir meu contrato com o Atlético, analisar minha performance na ocasião e ver se dá para continuar mais tempo", completou.

UOL Esporte vê TV