PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Corinthians e Palmeiras fazem briga de primário por teste, diz comentarista

Mano, da FOX Sports, critica Palmeiras e Corinthians por polêmica antes da final - Divulgação
Mano, da FOX Sports, critica Palmeiras e Corinthians por polêmica antes da final Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/08/2020 11h57

Classificação e Jogos

Comentarista do FOX Sports, Mano criticou a "queda de braço" entre Corinthians e Palmeiras às vésperas do primeiro jogo da final do Campeonato Paulista. Presente no Bom Dia Fox de hoje, o jornalista afirmou que a polêmica envolvendo a realização de testes de covid-19 nada mais é do que uma disputa para mostrar qual dos clubes é mais forte.

Chamando a postura das diretorias de "burrice", Mano aconselhou ambas as equipes a realizarem os testes e permanecerem confinadas.

"Não vai cair o braço de ninguém fazer o teste. Acho que é uma grande burrice por parte das duas diretorias. É nítido que estão querendo mostrar quem tem mais força. É uma queda de braço para falar: Tá vendo, eu ganhei e você perdeu. Parece aquela briguinha de primário onde uma criança fala: Se você for amiguinho do Fábio Azevedo, não fala mais comigo", disse Mano.

"Gente, é Corinthians e Palmeiras, dois dos maiores times do Brasil. Uma picuinha ridícula dessa. Palmeiras, concentra seus atletas! Zele pela vida de todo mundo. Corinthians, teste seus atletas! Zele pela vida dos jogadores também", completou.

A polêmica começou, conforme publicou o blog do Danilo Lavieri, após o Corinthians avisar que seus jogadores não passariam por novos testes, já que os atletas estão concentrados desde o retorno do futebol durante a pandemia do novo coronavírus. O pedido foi feito pelo presidente corintiano, Andrés Sanchez, em reunião entre os clubes e a Federação Paulista de Futebol.

Através de uma nota oficial, o Corinthians ainda acusou o Palmeiras de desrespeitar o protocolo ao dar folga para seus atletas após as partidas do Estadual.

Em nota assinada por Moisés Cohen, presidente da Comissão Médica da FPF, a entidade afirmou que, por confinar seus atletas, o Alvinegro não precisa testar seus jogadores para a partida de amanhã (5), diferentemente do Alviverde, que optou por não isolar o elenco. Ambos os clubes farão testes antes do segundo jogo da final, no sábado.

A primeira partida da final do Paulistão, entre Corinthians e Palmeiras, será amanhã (5), na Arena, às 21h30.

UOL Esporte vê TV