PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jesus pode ter 'super Benfica' com reforços de luxo cotados para Champions?

Jorge Jesus comanda Benfica em jogo contra a Juventus, pela Liga Europa, em 2014 - REUTERS/Giorgio Perottino
Jorge Jesus comanda Benfica em jogo contra a Juventus, pela Liga Europa, em 2014 Imagem: REUTERS/Giorgio Perottino

Do UOL, em Santos (SP)

01/08/2020 04h00

Com promessa de R$ 600 milhões de investimento em reforços, o Benfica trabalha para elevar a qualidade de seu plantel para a próxima temporada. Segundo a imprensa europeia, o clube português, que agora tem Jorge Jesus novamente no comando, já tem alguns nomes importantes na mira para reforçar a equipe, como Cavani, Bruno Henrique e Gérson.

Ainda segundo apurou o UOL Esporte, o Benfica também demonstrou interesse no atacante Everton Cebolinha e, inclusive, já procurou o Grêmio para iniciar as negociações.

Baseado nessas informações, será que podemos esperar Jorge Jesus montando um 'super Benfica', a ponto de quem sabe incomodar na Liga dos Campeões? Veja o que Rafael Oliveira e Rafael Reis, colunistas do UOL Esporte, pensam sobre as ambições do clube português para a próxima temporada:

RAFAEL OLIVEIRA

Não acredito em expectativa por Champions, pois, atualmente, há uma diferença considerável entre os times mais fortes da Europa e os grandes portugueses. É provável, sim, que Jorge Jesus consiga elevar o nível do Benfica, como já fez antes. Mas vejo o objetivo inicial muito mais como nacional do que continental. E sobre as transferências, estamos em um período em que muitas possibilidades de transferências surgirão, mas nem tantas serão concretizadas. Os portugueses costumam trabalhar como uma boa porta de entrada, sempre de olho no potencial de valorização e revenda. Então, contratar nomes badalados ou estrelas "prontas" seria incompatível com o perfil habitual e com o próprio momento financeiro do clube.

Leia o blog do Rafael Oliveira.

JULIO GOMES

Jorge Jesus tem carta branca da diretoria do Benfica e terá dinheiro à disposição. Já sabemos de sua capacidade de fazer times jogarem bola, mas agora precisamos saber se Jesus é tão bom quanto montando times.

Vale lembrar que não foi ele quem montou o Flamengo multicampeão. Atacar o mercado e contratar bem são pura arte, virtudes que não costumamos valorizar tanto em treinadores - mas que são fundamentais.

Em época de Covid, é possível que preços baixem. E, considerando o mercado brasileiro e o atual estágio do real, é possível encontrar ótimos produtos com bom custo-benefício. Jesus conhece bem o futebol daqui, então deveria, sim, ser capaz de apontar três ou quatro jogadores que façam a diferença no Benfica.

Chegar a uma semifinal de Champions passa por uma série de fatores, mas o primeiro deles é ter um time bom. Passou da hora de o Benfica fazer uma campanha europeia digna de outros tempos.

Leia o blog do Julio Gomes.

RAFAEL REIS

Não acredito que o Benfica consiga contratar todos os jogadores que estão na mira de Jorge Jesus. E, mesmo que consiga, o impacto não deve ser tão grande assim. Afinal, Cavani é o único desses alvos que realmente faz parte do primeiro escalão do futebol europeu. Considero, sim, que o Benfica terá um ganho de desempenho com JJ, mas acho pouco provável que esse crescimento seja suficiente para algo além da conquista do título português... Talvez, no máximo, uma chegada às oitavas de final da Liga dos Campeões.

Leia o blog do Rafael Reis.

Futebol