PUBLICIDADE
Topo

Inter vê 'oito meses longos' e reforça pedido ao elenco antes de maratona

Ricardo Duarte/Internacional
Imagem: Ricardo Duarte/Internacional

Do UOL, em Porto Alegre

01/08/2020 04h00

O Internacional se prepara para maratona de jogos nas próximas semanas, com conflito de datas do Campeonato Gaúcho e Brasileirão. Amanhã (2), contra o Esportivo, titulares serão usados para buscar vaga na final do segundo turno do Estadual. Mas a estratégia não impede que comissão técnica e diretoria reforcem pedido aos jogadores: levar a preparação a sério.

A ideia é que todo o plantel será necessário, mais cedo ou mais tarde. De forma literal mesmo. Por conta do desgaste dos jogos a cada três dias e deslocamentos.

"Todo mundo tem que se preparar, vão ser oito meses longos com muitos jogos [o Brasileirão irá se encerrar em fevereiro]. Todos precisam estar preparados fisicamente, mentalmente", disse Victor Cuesta. "Todo mundo aqui sabe o tamanho da camisa que está vestindo".

O zagueiro é um dos líderes do elenco e também encorpa o discurso do dia a dia, que é encampado por Eduardo Coudet.

"Vamos ver quem estiver melhor fisicamente. Não é simples, são só 17 jogadores para cada jogo e nessa relação [para o jogo com Aimoré, na última quarta-feira] pegamos quase todos, quase completos. Temos variantes bem maiores. Vamos tratar de escolher os que estão melhores e tomar cuidados para não sofrer com lesões e nem contratempo", disse o treinador argentino.

Em caso de vitória e classificação, o Inter enfrenta o ganhador do duelo entre Grêmio e Novo Hamburgo já na próxima quarta-feira (5). A estreia no Campeonato Brasileiro é contra o Coritiba, fora de casa, no sábado (8).

Futebol