PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Aubameyang cumpre 'plano' de técnico e faz Arsenal sonhar com permanência

Aubameyang e Arteta posam com o troféu da Copa da Inglaterra - Divulgação
Aubameyang e Arteta posam com o troféu da Copa da Inglaterra Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/08/2020 17h23

Pierre-Emerick Aubameyang foi o grande nome da final da Copa da Inglaterra. Autor dos dois gols que garantiram a virada e vitória por 2 a 1 do Arsenal contra o Chelsea, o atacante fez o torcedor dos Gunners respirar aliviado na tarde de hoje (1º) — e quem sabe na próxima temporada.

Isso porque o gabonês cumpriu com uma "previsão" do técnico Mikel Arteta e dá ao clube mais motivos para acreditar em sua permanência no Emirates Stadium.

Antes da final, a situação de Aubameyang no Arsenal era uma incógnita. Ele possui somente mais um ano de contrato e tem sido alvo de outros clubes da Europa. Arteta, no entanto, declarou que o título da Copa da Inglaterra poderia servir de incentivo para a permanência do jogador.

"Acredito que ganhar o troféu será bom. Se ele usar a braçadeira e levantar o caneco, isso ajudará", avaliou o treinador.

Se o título era um incentivo, o enredo não poderia ter sido melhor. A atuação de gala de Aubameyang coroou a temporada de uma das contratações mais caras da história do clube. Foi ele o responsável por erguer o troféu (e também deixá-lo cair) durante a celebração.

Mais do que isso. A vitória neste sábado deu ao Arsenal um lugar na próxima edição da Liga Europa — a equipe havia terminado o Campeonato Inglês na oitava posição, fora da zona de classificação para os torneios continentais. A vaga direta dá fôlego ao clube, que não se vê pressionado a negociar seus principais atletas para gerar renda.

Aos 31 anos, Aubameyang está no Arsenal desde 2018. Ele chegou à Inglaterra após quatro temporadas de destaque pelo Borussia Dortmund.

Fim da seca

Outro motivo para o Arsenal comemorar neste sábado é o fim da seca de títulos. Os Gunners não conquistavam um troféu desde 2017, quando venceram também a Copa da Inglaterra e Supercopa da Inglaterra. Curiosamente, o adversário nas duas finais era o Chelsea.

Além disso, o Arsenal se isola ainda mais como maior vencedor da Copa da Inglaterra. O título deste sábado foi o 14º do clube no torneio.

Esporte