PUBLICIDADE
Topo

Técnico da Ponte explica por que paralisação do futebol fez bem para o time

Jogadores da Ponte Preta comemoram classificação à semifinal do Paulista, eliminando o Santos - Divulgação/AAPP
Jogadores da Ponte Preta comemoram classificação à semifinal do Paulista, eliminando o Santos Imagem: Divulgação/AAPP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/07/2020 20h23

Classificação e Jogos

Em entrevista ao Expediente Futebol, hoje, o técnico da Ponte Preta, João Brigatti, explicou como a equipe de Campinas aproveitou a paralisação do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus para se reabilitar no Campeonato Paulista.

Antes da paralisação, a Ponte Preta tinha a pior campanha do Campeonato Paulista, corria grande risco de rebaixamento e havia perdido um clássico. Na retomada do estadual, a história é completamente diferente: três vitórias e vaga garantida na semifinal da competição.

"A paralisação do futebol acabou sendo benéfica para a Ponte Preta. Tivemos tempo para podermos reverter a situação ruim em que nos encontrávamos: na última colocação na tabela do Paulista, após uma derrota para o maior rival. E, além de sairmos da situação ruim, conseguimos uma essa vaga na semifinal. (...) A fisiologia do clube fez um trabalho muito bom durante a paralisação, que possibilitou que os nossos jogadores pudessem apresentar uma superioridade física em relação aos rivais nos jogos que fizemos até agora. (...)", ressaltou o treinador.

João Brigatti ainda explicou que a maioria dos reforços que chegaram para o elenco da Ponte Preta não podem ser utilizados no Campeonato Paulista por terem vindo de outros times que disputaram a competição — como Mirassol, Santo André e Ferroviária —, mas destacou que esses atletas tiveram papel importante nos treinamentos, elevando o nível da equipe.

"Além disso, tivemos um acréscimo técnico nos treinamentos, com a chegada de alguns reforços. Os reforços, por terem vindo de outros times do Campeonato Paulista, não puderam jogar o Paulistão, mas trouxeram esse incentivo e crescimento técnico nos treinamentos", completou.

Ontem, a Ponte Preta venceu o Santos por 3 a 1 na Vila Belmiro e garantiu vaga na semifinal do Paulista. No domingo (2), o time encara o Palmeiras pela vaga na final, às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo.

UOL Esporte vê TV