PUBLICIDADE
Topo

Emissora de rádio afasta comentarista que fez ofensa racista contra Marinho

Do UOL, em São Paulo

31/07/2020 17h30Atualizada em 01/08/2020 10h41

A Rádio Energia 97FM anunciou hoje que afastou o comentarista Fábio Benedetti, conhecido como Chef Benedetti, após uma fala racista contra o atacante Marinho, do Santos, durante jogo contra a Ponte Preta realizado ontem nas quartas de final do Paulistão.

"A Energia 97FM repudia severamente as palavras proferidas e vem por meio deste deixar explícito que não compactua com nenhum tipo de injúria racial. Decidimos afastar o comentarista e já estamos em contato com ele para decidirmos como serão conduzidos os próximos passos", disse a emissora em nota divulgada à imprensa.

No intervalo da partida, após o atacante Marinho, que é negro, ser expulso, Benedetti foi questionado sobre o que diria ao santista em um suposto grupo de WhatsApp do qual os dois fariam parte.

Benedetti afirmou: "Eu vou falar assim: 'Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez."

O comentário causou indignação em parte da audiência. A rádio "Energia 97" transmitia a partida também no YouTube, de onde um trecho foi retirado e replicado nas demais redes sociais. Ainda durante a transmissão, o comentarista pediria desculpas pela sua declaração.

Questionado no Twitter sobre sua postura, Benedetti, que é chef de cozinha além de comentarista, pediu desculpas. "Fui muito mal... Errei feio, usei uma palavra que nunca deveria, mesmo que sem intenção", escreveu a uma pessoa que o interpelou. "Na mesma hora percebi que falei uma grande M, pedi desculpas, mas sei que foi ridículo."

Mais tarde, em nota oficial, o comentarista afirmou que pediu desculpas a Marinho e que vai promover debates sobre racismo em suas redes sociais.

"Quero reforçar que sou e sempre fui totalmente contrário a qualquer tipo de discriminação, seja ela racial, de gênero, xenofóbica entre outras e lamento muito pelo ocorrido, em momento algum tive a intenção de ofender ninguém. Por isso, quero aproveitar essa infeliz situação que provoquei como oportunidade de aprendizado", afirmou Benedetti.

O atacante do Santos afirmou que desculpou o comentarista, mas em um vídeos publicados em seu Instagram, o jogador aparece chorando, indignado com a situação. Sobre os racistas, Marinho disse que "a Justiça não pune esses caras preconceituosos, vermes."

Leia a íntegra da nota da rádio

Na noite de quinta-feira, dia 30/07/2020, durante a transmissão do jogo entre Santos e Ponte Preta no programa Energia em Campo, o integrante Fábio Benedetti fez um comentário racista em relação ao jogador Marinho do Santos.

A Energia 97FM repudia severamente as palavras proferidas e vem por meio deste deixar explícito que não compactua com nenhum tipo de injúria racial. Decidimos afastar o comentarista e já estamos em contato com ele para decidirmos como serão conduzidos os próximos passos.

Nos desculpamos e nos solidarizamos com todos, principalmente, com o jogador Marinho e sua família.

Nós como rádio estamos atentos às manifestações de nossos ouvintes e não nos ateremos apenas à palavras ou desculpas.

Atenciosamente,

Rádio Energia 97FM.

Futebol