PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro mira Série B e tenta repor vaga de Angulo; Arthur Caike é favorito

Enderson Moreira analisou a saída de Angulo e já projeta elenco para Série B - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Enderson Moreira analisou a saída de Angulo e já projeta elenco para Série B Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

30/07/2020 04h00

Eliminado na primeira fase do Campeonato Mineiro pela segunda vez em sua história, o Cruzeiro começa agora a olhar para a Série B do Brasileirão e o grande objetivo da temporada: retornar à elite do futebol nacional.

Em reformulação, a equipe venceu as duas primeiras partidas com Enderson Moreira, mas não conseguiu saldo de gols suficiente e ficou fora da semifinal estadual, algo que não acontecia desde 1957. Pensando no que vem pela frente, o treinador já planeja, por exemplo, repor a saída de Ivan Angulo, que voltou ao Palmeiras.

De acordo com o que apurou o UOL Esporte, o nome favorito da comissão técnica e diretoria da Raposa é Arthur Caike. O jogador de 28 anos pertence ao Al-Shabab, da Arábia Saudita, e a negociação não é simples. Há, inclusive, bastante cautela, segundo Enderson Moreira.

"Eu tenho que ser realista dentro do que o clube pode fazer hoje. O clube está muito bem com nomes que agregam no mercado. Os jogos mostraram isso, tivemos bons jogadores contratados e que deram uma resposta muito positiva. Com a saída do Angulo, vamos buscar um jogador com esse perfil, dentro do que pensa, observa e respeitando quem trabalha diariamente na base e no profissional", disse o treinador.

Vale destacar que o time sente falta de um ponta desde que Angulo deixou o clube. Tanto é que, na partida de ontem contra a Caldense, o Cruzeiro teve bastante dificuldade para criar jogadas, principalmente por não conseguir impor velocidade e explorar as beiradas do campo.

"É uma função que, com a saída do Angulo, que não é esse jogador experiente, até porque se trata de um jovem, muito talentoso, mas jovem. A gente está visualizando, tem conversas em cima de nomes importantes. A gente não tem esse recurso financeiro para fazer uma investida em cima de jogadores que são muito valorizados no mercado. Isso acontecia antes mesmo da saída do Angulo. A gente já busca opções para jogadores que possam agradar a nossa equipe", acrescentou.

Ainda sem saber que time levará ao Troféu Inconfidência, para as equipes que ficaram entre a quinta e oitava colocações do Mineiro, Enderson Moreira terá alguns dias para trabalhar a equipe até a estreia na Série B. O primeiro jogo na segunda divisão acontece em 8 de agosto, um sábado, no Mineirão, contra o Botafogo-SP.

Cruzeiro