PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro fica fora da semi após 63 anos; Fábio diz que não 'apaga história'

Fábio, goleiro do Cruzeiro - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Fábio, goleiro do Cruzeiro Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Do UOL, em São Paulo

30/07/2020 00h18

Classificação e Jogos

O Cruzeiro ficou fora da semifinal do Campeonato Mineiro pela primeira vez em 63 anos. De acordo com levantamento do "Superesportes", a última vez em que a Raposa não figurou entre os quatro primeiros foi em 1957, que terminou na quinta colocação, assim como em 2020.

Apesar de vencer a Caldense na última rodada da primeira fase por 1 a 0, o clube ficou atrás no saldo de gols e agora terá que disputar o Troféu Inconfidência, para os times que ficaram entre a quinta e oitava colocações.

Na visão de Fábio, o fato não altera a grandiosidade do atual bicampeão mineiro. "Não [tem a ver com o ano passado], ano passado já aconteceu, temos a oportunidade agora de fazer uma história diferente. Não muda a grandiosidade do Cruzeiro, é o atual bicampeão da competição, mas vem numa fase de reformulação, mudou tudo", disse ao "Premiere" o goleiro e ídolo cruzeirense.

Questionado se o Cruzeiro tem um time competitivo para a disputa da Série B, o experiente jogador foi cauteloso, mas demonstrou confiança pelo elenco.

"A gente tem que ser realista e trabalhar da melhor maneira possível. É um time competitivo, que vai jogar o máximo possível para conseguir os resultados, tirar essa desvantagem [de menos seis pontos] o mais rápido possível. Se Deus quiser, faremos de tudo para colocar o time na Série A", finalizou.

Cruzeiro