PUBLICIDADE
Topo

Enderson revela pedido de Angulo para jogar pelo Cruzeiro contra a URT

Iván Angulo, atacante do Cruzeiro, fez apenas uma partida pelo clube. Ele é esperado no Palmeiras amanhã (27) - Gustavo Aleixo/Divulgação/Cruzeiro
Iván Angulo, atacante do Cruzeiro, fez apenas uma partida pelo clube. Ele é esperado no Palmeiras amanhã (27) Imagem: Gustavo Aleixo/Divulgação/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

26/07/2020 13h55

Enderson Moreira explica por que decidiu utilizar Iván Angulo, que é esperado amanhã (27) no Palmeiras, na vitória por 3 a 0 do Cruzeiro sobre a URT, na manhã de hoje (26), em jogo que marcou a volta do Campeonato Mineiro 2020 em meio à pandemia do novo coronavírus.

O técnico revela que o atacante colombiano pediu para entrar em campo no jogo válido pela 10ª rodada do Estadual. Ele quis atuar, mesmo com a volta marcada para a Academia de Futebol.

"Eu vou começar falando sobre o Angulo. Não posso deixar de pensar sempre no próximo jogo. Ele estava vinculado ao Cruzeiro no dia de hoje. Ele participou da temporada e pediu para jogar. Achamos que seria interessante a participação dele. Foi muito bacana, porque ele se esforçou e se dedicou muito", disse o treinador.

Em entrevista coletiva ao fim do jogo, ele voltou a explicar o caso envolvendo o estrangeiro de 21 anos e se baseou no aspecto tático para utilizá-lo no triunfo.

"Como eu falei anteriormente, o jogador está emprestado ao Cruzeiro até hoje, tinha condições de participar do jogo. Ele quis participar e decidimos utilizá-lo. Não tinha razão para não utilizá-lo. Não sei quem estará aqui no decorrer da temporada, mas todos serão usados enquanto a gente puder usá-los. Ele treinou durante todo o período de inatividade. A gente decidiu que ele pudesse participar. Se a partir de amanhã ele não estiver mais à disposição, a gente vai buscar outras alternativas. Eu fico feliz que ele tenha se dedicado e se comprometido com a equipe", concluiu.

O Palmeiras requisitou a volta de Angulo durante a semana passada. O máximo que o departamento de futebol cruzeirense, liderado por Deivid, conseguiu foi com que ele estivesse à disposição para o jogo deste fim de semana. Ele é aguardado em São Paulo já na segunda-feira para se apresentar ao elenco comandado por Vanderlei Luxemburgo na Academia de Futebol.

Contratado em março passado para defender a equipe por empréstimo até o fim de 2020, o estrangeiro não entrou em campo anteriormente graças à paralisação do futebol por causa da pandemia do novo coronavírus. No período, os mineiros tiveram a incumbência de pagar direitos de imagem do jogador de 21 anos — a remuneração como PJ (Pessoa Jurídica) é de aproximadamente R$ 70 mil por mês. O montante corresponde a 30% dos vencimentos mensais do jogador. Os valores na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) são pagos pelo Palmeiras.

Cruzeiro