PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro perde liminar que o mantém no Profut, mas tenta voltar ao programa

Diretoria do Cruzeiro, liderada por Sérgio Santos Rodrigues, tenta volta ao Profut, programa de parcelamento de dívidas do governo - Igor Sales/Cruzeiro
Diretoria do Cruzeiro, liderada por Sérgio Santos Rodrigues, tenta volta ao Profut, programa de parcelamento de dívidas do governo Imagem: Igor Sales/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

25/07/2020 15h52

A 14ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária de Minas Gerais derrubou a liminar que mantinha o Cruzeiro no Profut, programa de parcelamento das dívidas tributárias feito pelo governo, desde abril passado. O clube tenta um retorno por meio da justiça, conforme explicado por meio de sua assessoria de imprensa.

A informação sobre a queda da liminar foi inicialmente divulgada pela Rádio Itatiaia e confirmada pela assessoria de imprensa do clube de Belo Horizonte: "O Cruzeiro Esporte Clube confirma ter ciência da sentença que revoga a liminar, antes deferida, para julgar improcedente o pedido de retorno ao parcelamento do Profut".

Em fevereiro passado, o Cruzeiro foi notificado sobre a inadimplência ocorrida durante a gestão de Wagner Pires de Sá. Na sequência, a diretoria conseguiu uma liminar, que foi derrubada pela 14ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária de Minas Gerais. A decisão ainda não é definitiva.

Com uma dívida tributária de R$ 294 milhões, o Cruzeiro tenta a volta ao Profut para evitar problemas nos bastidores. A diretoria se explica por meio de nota oficial: "Não obstante a gestão temerária pela qual passou o Clube recentemente - o que acabou, dentre muitas nefastas consequências, levando ao afastamento da entidade do PROFUT - o novo Cruzeiro acredita, com o devido respeito à decisão, que seu pedido judicial se apoia em argumentos sólidos. O setor jurídico do Clube, neste caso representado pelo Dr. João Paulo Fanucchi de Almeida Melo, já trabalha no recurso cabível e ressalta, mais uma vez, confiança no êxito da ação".

"Levando-se em conta o compromisso com a transparência pregado pela nova gestão, o Cruzeiro informa que as dúvidas e detalhes envolvendo o caso serão tratados na próxima semana, através de uma entrevista coletiva que será anunciada posteriormente nos canais oficiais do Clube", concluiu.

Cruzeiro