PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras oficializa empréstimo de Dudu ao Al Duhail, do Qatar

Dudu assina contrato com Al Duhail, do Catar - Reprodução/AlKass Sports Channels
Dudu assina contrato com Al Duhail, do Catar Imagem: Reprodução/AlKass Sports Channels

Do UOL, em São Paulo

20/07/2020 09h56Atualizada em 20/07/2020 10h33

O Palmeiras confirmou hoje (20) o empréstimo de Dudu ao Al Duhail, do Qatar, que também oficializou a contratação do jogador. O anúncio encerra passagem de cinco anos e meio do atacante pelo Palmeiras, nos quais o camisa 7 acumulou títulos e recordes com a camisa alviverde.

Os valores do negócio não foram confirmados, mas o clube árabe deve pagar 7 milhões de euros (R$ 43,1 milhões na cotação de hoje) pelo empréstimo até 30 de junho de 2021. Depois, pode exercer a compra do atacante por mais 6 milhões de euros (R$ 37 milhões). O negócio já era conhecido desde o começo do mês.

Dudu deixa o Brasil em meio a uma disputa judicial. Ele é acusado de violência doméstica contra a esposa, Mallu Ohana, que em boletim de ocorrência afirma que ele "passou a agredi-la com socos na cabeça, na região do peito, chegou, inclusive, a puxar seus cabelos". Eles estão em processo de divórcio, no qual Ohana também acusa o marido de ter falsificado uma assinatura sua. Em sua defesa, Dudu nega as acusações.

O jogador havia chegado ao Palmeiras no começo de 2015 e conquistou a torcida logo de cara pelos detalhes da contratação: foi um "chapéu" alviverde em São Paulo e Corinthians, que também tinham interesse no então destaque do Grêmio. Aos poucos Dudu se tornou ídolo pela garra e virou o símbolo do crescimento do clube com a Crefisa e o novo estádio.

Recentemente, o jogador disse ter se emocionado ao se despedir dos companheiros e tratou a saída quase que prometendo um dia retornar ao Palmeiras. "Falei hoje com eles no CT que não é um adeus, é uma pausa na minha trajetória no Palmeiras. [A despedida] foi um pouco triste. Fiquei emocionado por tudo que vivi nesses anos, pelos funcionários, pelas amizades que fiz. Espero que seja uma nova etapa na minha vida e que eu faça uma história bonita no Qatar", afirmou, em vídeo publicado pelo site Gazeta Esportiva.

No Palmeiras, o camisa 7 foi campeão da Copa do Brasil em 2015 e bicampeão brasileiro (2016 e 2018). Neste século, ele é o artilheiro do clube (70 gols); o segundo que mais jogou e que mais venceu (305 jogos e 174 vitórias, atrás apenas de Marcos em ambos os quesitos). É também quem mais atuou, mais venceu, o artilheiro e o maior garçom do Allianz Parque (127 jogos, 90 vitórias, 33 gols e 35 assistências).

Mesmo com tamanho sucesso, Dudu não chegou a despertar interesse de gigantes europeus. Ele tinha contrato com o Palmeiras até 31 de dezembro de 2023 e neste ano mesmo havia dito que seria "difícil" imaginar o próprio futuro longe do clube. Agora, no entanto, seu futuro é qatari. Ele encontra um Al Duhail entrosado no país árabe, onde se torna o substituto do croata Mario Mandzukic.

Palmeiras