PUBLICIDADE
Topo

Mattos diz não crer em saída de Sampaoli para o Fla: "Muitos compromissos"

Jorge Sampaoli, treinador do Atlético-MG, pode entrar na mira do Flamengo - Bruno Cantini/Atlético-MG
Jorge Sampaoli, treinador do Atlético-MG, pode entrar na mira do Flamengo Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG

Do UOL, em São Paulo

13/07/2020 07h53Atualizada em 13/07/2020 09h58

Os rumores sobre a possível saída de Jorge Jesus do Flamengo também atingem o Atlético-MG, já que uma possível ida do português ao Benfica pode despertar o interesse do clube carioca no técnico Jorge Sampaoli.

Apesar disto, o diretor de futebol do Atlético-MG, Alexandre Mattos, não acredita que o argentino possa deixar o comando do time mineiro mesmo com uma mudança no Flamengo.

"Ele [Sampaoli] é um profissional. Para romper o contrato, ele sabe, até por contrato, que há compromisso assinado e até compromissos com jogadores que estão vindo, com jogadores que permaneceram, com investidores. São muitos compromissos para serem quebrados em uma saída precoce", disse ele à Rádio Itatiaia.

Contratado no início de março, Sampaoli comandou o Atlético-MG em apenas uma partida, já que a pandemia do coronavírus paralisou o futebol dias depois de sua estreia no clube.

Ele tem um contrato com cláusula milionária com o clube mineiro e seu vínculo vai até dezembro de 2021. No período sem jogos, ele teve vários pedidos aceitos pela diretoria do Atlético, que já trouxe seis jogadores: os defensores Bueno e Junior Alonso, os volantes Léo Sena e Alan Franco e os atacantes Keno e Marrony.

Mattos ressaltou a palavra entre técnico e clube para que o trabalho seja continuado.

"A gente nem sabe se o Jesus vai embora ou se, caso ele vá embora, se o Sampaoli é o perfil que o Flamengo buscaria. Isso está tudo no especulativo, e nós não temos que trabalhar com especulação. O que temos hoje é um trabalho feito com o Sampaoli assinado, firmado e com compromissos, não só contratual, mas com pessoas, com a instituição", completou ao veículo.

Atlético-MG