PUBLICIDADE
Topo

Fla se vê de mãos atadas e não enxerga meios de anular expulsão de Gabigol

Gabigol é expulso no final de Fluminense x Flamengo e questiona arbitragem - Thiago Ribeiro/AGIF
Gabigol é expulso no final de Fluminense x Flamengo e questiona arbitragem Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/07/2020 09h45

Classificação e Jogos

O Flamengo se vê de mãos atadas e entende que não tem meios jurídicos para tentar reverter a expulsão de Gabigol, que recebeu um vermelho nos minutos finais da vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense.

O departamento jurídico do Fla analisou o caso e concluiu que a suspensão automática é mandatória, pois a única exceção para a reversão do quadro seria se tivesse havido um equívoco na identidade do atleta que foi expulso, o que não foi o caso.

Nos acréscimos do segundo tempo, o técnico Jorge Jesus decidiu realizar mais uma substituição. Léo Pereira entraria na vaga do artilheiro, mas houve uma dúvida se o substituído seria Rodrigo Caio. No momento em que o centroavante se encaminhava para deixar o gramado, foi surpreendido pelo árbitro Wagner do Nascimento Magalhães, que aplicou o segundo cartão amarelo e, consequentemente, o expulsou. Em uma rede social, o camisa 9 desabafou e falou em falta de respeito.

"Simplesmente assim tiram você de uma final! Desrespeito com seu trabalho, com sua equipe e com sua família que torce por você em cada jogo! Um pouco de respeito, e responsabilidade, por favor!", escreveu ele.

Com o triunfo ante o Tricolor, o Rubro-negro joga pelo empate para levantar o bicampeonato Carioca. Os rivais voltam a se enfrentar na quarta-feira (15), 21h, no Maracanã.

Flamengo