PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar: "torcedor é crítico, e a transmissão do time precisa melhorar"

Do UOL, em São Paulo

11/07/2020 04h00

A final da Taça Rio entre Fluminense e Flamengo na última quarta-feira (8) resultou na vitória do tricolor carioca nos pênaltis, depois de um empate de 1 a 1 no tempo regular. A FluTV conseguiu permissão para transmitir o jogo em seu canal, porém houve críticas em relação aos detalhes da transmissão.

O blogueiro Mauro Cezar criticou a postura do narrador na partida pela parcialidade exagerada, que fez até com que ele não falasse o nome dos jogadores do Flamengo, e citou a narração mais equilibrada do comentarista:

"A transmissão feita pelo Fluminense não falava o nome dos jogadores do Flamengo. O torcedor do Fluminense mesmo quer saber quem é o jogador do Flamengo. É normal até que na Flu TV a equipe torça pelo Fluminense, mas não falar nome do jogador é um horror. Em alguns momentos os comentários sobre os dois times eram corretos, e isso me parece razoável. Mas a narração me pareceu um pouco sem sentido; o comentarista já me pareceu num bom sentido, mas não dizer nome dos jogadores achei exagerado".

Mauro criticou também a narração dos jogos anteriores pela FLATV na Taça Rio que tiveram o mesmo problema de falta de equilíbrio:

"Já na do Flamengo, quando feita por lá, me dá impressão de que o torcedor não critica o Flamengo, e ele percebe quando as coisas vão mal em campo. O torcedor tem espírito crítico e não fica ali teleguiado só pensando em ganhar. As transmissões dos clubes precisam evoluir. Isso vai acontecer mais vezes, e é interessante que os narradores tenham mais equilíbrio. Não há problema dizer que o time não está jogando bem, não está se encaixando, não é ofensivo. Uma torcida maluca é bobagem, dá para fazer bom trabalho ao torcer pro time, mas sem exagero."

Futebol