PUBLICIDADE
Topo

Santo André perdeu 4 titulares e reforços podem fazer só dois jogos no ano

Rafhael Lucas, Willian Goiano e Ivan, reforços do Santo André - Divulgação
Rafhael Lucas, Willian Goiano e Ivan, reforços do Santo André Imagem: Divulgação

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

10/07/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Santo André vive uma situação atípica na retomada do Paulistão. Líder quando a competição foi paralisada por causa da pandemia do novo coronavírus, a equipe perdeu dez jogadores, sendo quatro titulares, para a sequência do torneio. A solução foi ir ao mercado da bola e buscar quatro reforços, que podem acabar entrando em campo apenas duas vezes neste ano.

"Nós perdemos quatro jogadores titulares e não tínhamos a certeza de que esses outros pudessem voltar. Conseguimos contratar quatro jogadores para vir aqui e jogar duas ou três partidas. Ou mais, porque eu quero jogar seis [ir à final]. É tudo um tiro no escuro", disse Sidney Riquetto, presidente do Santo André.

Apesar de ser o dono da melhor campanha do Paulistão, com 19 pontos, o Santo André ainda não está classificado para as quartas de final. Faltando duas rodadas para o fim dos grupos, a equipe ainda pode ser ultrapassada por Palmeiras e Novorizontino, que estão com 19 e 16 pontos, respectivamente — as três equipes estão no Grupo B do Estadual.

Como já está eliminado da Copa do Brasil e não pertence a nenhuma divisão nacional do Brasileirão, a eliminação ainda na fase de grupos do Paulistão significaria o fim das competições para o Santo André em 2020.

Com a maioria dos jogadores com contrato apenas até maio, quando o Paulistão se encerraria no calendário original, a equipe do Grande ABC perdeu quatro titulares para a retomada: o goleiro Fernando Henrique, o zagueiro Odair, o volante Dudu Vieira e o atacante Ronaldo. Além deles, também saíram: o lateral Julinho, o zagueiro Luizão, o volante Zé Antônio, o meia Cristian e os atacantes Will e Johnny.

Para a sequência do campeonato, chegaram: o goleiro Ivan, o zagueiro Willian Goiano, o meia Vitinho Schimith e o atacante Rafhael Lucas.

"A situação foi muito ruim, exigiu muita criatividade do meu pessoal", prosseguiu Riquetto. "Mas o trabalho de recuperação acabou sendo sensacional. Conseguimos o retorno de 13 jogadores que ficaram sem contrato, nos reforçamos com outros quatro e trouxemos outros cinco que já estavam no Santo André, mas não tinham sido inscritos para o Paulista".

A volta do Santo André será fora de casa com o Santos. O local e a data da partida ainda serão anunciados pela Federação Paulista de Futebol.

Futebol