PUBLICIDADE
Topo

Gauchão mantém clássicos para volta e possível final ainda não tem data

Fotos de: Lucas Uebel/Grêmio FBPA e Ricardo Duarte/SC Internacional
Imagem: Fotos de: Lucas Uebel/Grêmio FBPA e Ricardo Duarte/SC Internacional

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

10/07/2020 17h33

Classificação e Jogos

A rodada de clássicos vai marcar a retomada do Campeonato Gaúcho. Hoje, em assembleia entre FGF (Federação Gaúcha de Futebol) e representantes dos 12 clubes que disputam o Gauchão, foi garantida manutenção na tabela de jogos da fase de classificação do segundo turno. Com isso, haverá Gre-Nal no estádio Beira-Rio e mais três duelos com rivalidade no interior. O encontro com os dirigentes também garantiu eventual final estadual em dois jogos.

A FGF chegou a propor mudança no regulamento, realizando possível confronto entre Caxias (campeão do primeiro turno) e eventual ganhador do returno em jogo. Nada feito.

Com a manutenção da possível final em dois jogos, o Gauchão volta sem ter data da decisão. A federação vai analisar o calendário com a CBF para encaixar a eventual finalíssima.

Os clubes jogarão as três rodadas finais da fase de classificação do returno entre 23 e 29 de julho. As semifinais ocorrem no final de semana seguinte (1 e 2 de agosto) e a decisão do turno em 5 de agosto. Três dias depois está previsto início do Campeonato Brasileiro.

Caso o Caxias vença o returno, é declarado campeão estadual. Se Grêmio, Inter, Juventude e Brasil de Pelotas — pela participação no Brasileirão, a final precisará debatida entre clubes, FGF e CBF. A ideia inicial da federação é usar datas reservas para Copa do Brasil.

Gre-Nal pode ser antecipado

O clássico entre Grêmio e Internacional, no estádio Beira-Rio, pode ser puxado para quarta-feira. A possibilidade existe pelo interesse da TV aberta, que vai se reunir com a FGF até o início da próxima semana para discutir a alteração.

Ajuda aos clubes do interior

A FGF assegurou aos 10 clubes do interior ajuda para hospedagem ininterrupta durante conclusão da fase de classificação. Cada time receber R$ 20 mil para completar despesas que ajudam à atender o protocolo sanitário aprovado pelo Governo do Rio Grande do Sul.

Futebol