PUBLICIDADE
Topo

Zé Elias contesta poder de motivação de Jesus e diz: 'Tem que saber perder'

Zé Elias, comentarista dos canais ESPN - Reprodução
Zé Elias, comentarista dos canais ESPN Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/07/2020 20h58

Classificação e Jogos

Comentarista dos canais ESPN, Zé Elias questionou a capacidade de motivar o time de Jorge Jesus após a derrota do Flamengo para o Fluminense na final da Taça Rio, ontem. Além disso, o ex-jogador afirmou que o treinador português não foi um bom perdedor ao dizer que o Fluminense "jogou para não perder de muito".

"O Jorge Jesus tem que saber perder. Na vida, você ganha e perde. E cada um joga com aquilo que tem nas mãos. E o Fluminense jogar de igual para igual contra o Flamengo é loucura. Qual time pode jogar de igual para igual com o Flamengo hoje? O Fluminense fez o que podia. (...) E tem o seguinte: cadê o poder de motivação? Aquele negócio de chacoalhar o time? Por que ele não foi capaz de fazer isso ontem? Ele tem que ser questionado por isso", declarou Zé Elias em participação no Futebol na Veia, hoje.

Na opinião do comentarista, Jorge Jesus é, de certa forma, protegido pelo Flamengo, que não o questiona diretamente sobre sua vontade de permanecer ou não no clube. Zé Elias afirmou que as especulações são ruins principalmente para o torcedor.

"Ninguém pergunta para o Jesus sobre a saída dele, parece que todo mundo tem medo de que ele trate mal. Tem que perguntar. Ele tem que dar satisfação. Não pode só 'puxar saco' da torcida. Tem que prestar esclarecimentos para essa torcida, que apoia, que está sempre junto. Ele tem que se posicionar, mas alguém tem que perguntar. Ele não é o Pelé. Não mudou o futebol. É mais um dos ótimos profissionais no futebol. Antes do Jorge Jesus existe o Flamengo. Alguém tem que perguntar. É interessante para ele ir levando a notícia. É essa paixão que ele tem pelo Flamengo, pela torcida?", complementou.

UOL Esporte vê TV