PUBLICIDADE
Topo

Canindé, retiro no interior e novo elenco: líder se arma para o Paulistão

Estádio da Portuguesa, em registro de 9 de maio de 2020, pode ser casa provisória do Santo André na Série A1 - Cristiano Fukuyama
Estádio da Portuguesa, em registro de 9 de maio de 2020, pode ser casa provisória do Santo André na Série A1 Imagem: Cristiano Fukuyama

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

09/07/2020 04h00

Classificação e Jogos

Líder do Campeonato Paulista nas dez rodadas disputadas antes da paralisação pela pandemia do novo coronavírus, o Santo André já está em preparação para a retomada, marcada para o próximo dia 22. Passados quase quatro meses desde a última vez que entrou em campo, o time está completamente remodelado e terá que mudar até de casa para seguir na disputa.

A data talvez não seja ideal, mas no momento que a gente vive o ideal fica um pouco difícil de ser alcançado. Mas acredito, sim, que é uma data que vai dar condições das equipes se prepararem de forma próxima do ideal e retomarem essa competição. Tenho certeza que o Santo André vai manter a competitividade, brigar pela classificação, que está muito perto, e quem sabe lutar por objetivos maiores." Edgard Montemor Filho, diretor executivo da equipe

O Santo André lidera o Grupo B com 19 pontos, mesmo número do Palmeiras — o time do ABC está à frente devido aos critérios de desempate. Os adversários nas duas rodadas finais da primeira fase serão Santos e Ituano, sendo o segundo como mandante e fora do estádio Bruno José Daniel, no ABC.

Nova casa

Hospital de campanha durante o período crítico do combate à pandemia da Covid-19, com 110 leitos exclusivos para tratamento de pacientes, o estádio em Santo André não estará à disposição da FPF e do clube na retomada. Por isso, ao menos o jogo contra o Ituano será realizado no estádio do Canindé - a Portuguesa disputa a Série A2 e o local está reformado. Montemor trata o estádio na capital paulista como "ótima opção".

Novo elenco

Dez jogadores deixaram o Santo André durante a paralisação, entre eles o experiente goleiro Fernando Henrique (Brasiliense) e o artilheiro do time, Ronaldo (Sport). Também saíram Julinho, Luizão (Ponte Preta), Odair Lucas, Zé Antônio, Dudu Vieira (Ferroviária), Cristian, Johnny (Brusque) e Will (Ferroviária). De 28 inscritos no Paulistão, cinco tinham contrato depois de maio e outros 13 firmaram novos vínculos.

Em compensação, quatro contratações foram feitas até agora: Ivan (goleiro, 35 anos, ex-Joinville), Willian Goiano (zagueiro, 31 anos, ex-CRAC), Vitinho Schimith (meia, 27 anos, ex-Resende) e Rafhael Lucas (atacante, 27 anos, ex-Anapolina). O técnico Paulo Roberto Santos renovou e segue no comando. Garotos da base também terão mais chances, pois a reposição do elenco foi de só 40%.

Rafhael Lucas, Willian Goiano e Ivan, reforços do Santo André - Divulgação - Divulgação
Rafhael Lucas, Willian Goiano e Ivan, reforços do Santo André para a retomada do Paulista
Imagem: Divulgação

Nova pré-temporada

O elenco do Santo André se reapresentou em 30 de junho, após realização de exames em que um membro da comissão técnica e um atleta testaram positivo. Ambos estão recuperados e foram reintegrados. O elenco faz um novo período de preparação na cidade de Vargem, cerca de 120 km distante de Santo André. A cidade será o local de treinos da equipe até o fim do Estadual.

Agora com todo o elenco completo, o Ramalhão segue em treinamento em Vargem para a volta do Paulistão 2020. Rede D'Or...

Publicado por EC Santo André em Domingo, 5 de julho de 2020

Futebol