PUBLICIDADE
Topo

Jesus marca, Manchester City goleia o Newcastle e quebra marca no Inglês

Gabriel Jesus comemora após marcar para o Manchester City contra o Newcastle -  LEE SMITH / POOL / AFP
Gabriel Jesus comemora após marcar para o Manchester City contra o Newcastle Imagem: LEE SMITH / POOL / AFP

Do UOL, em Porto Alegre

08/07/2020 15h52

Classificação e Jogos

O Manchester City goleou o Newcastle por 5 a 0, hoje, no Ettihad Stadium, pela 34ª rodada do Campeonato Inglês. Com gols de Gabriel Jesus, Ryad Mahrez, Ritchie (contra), David Silva e Sterling, o time de Pep Guardiola quebrou uma marca coletiva da competição.

Com 69 pontos, a equipe abriu nove de vantagem para o Chelsea, terceiro colocado. O Liverpool já conquistou o título antecipadamente. Na próxima rodada, o adversário será Brighton and Hove Albion, sábado (11), fora de casa.

Já o Newcastle perdeu pela primeira vez após a paralisação na competição em razão da pandemia de novo coronavírus. O time soma 43 pontos, é 13º na classificação e encara o Watford, também no sábado.

A marca foi quebrada no gol de Mahrez. O City se tornou a primeira equipe na história da Premier League a ter cinco jogadores diferentes marcando 10 ou mais gols em uma edição do torneio. Mahrez fez o décimo, Gabriel Jesus marcou o 11º, mesma quantia que tem De Bruyne. Sterling, com o gol de hoje, soma 14 e Aguero tem 16.

Em campo, o time da casa comandou as ações do jogo desde o início. Logo aos nove minutos, Gabriel Jesus colocou na rede após passe de David Silva. Totalmente sob controle do adversário, o Newcastle pouco passou do meio-campo até ver Mahrez receber de De Bruyne - que deu sua 18ª assistência no torneio - e marcar o segundo, aos 20 minutos do primeiro tempo.

O jogo estava tão tranquilo que, ainda que tenha reduzido o ritmo, o City fez o terceiro no início do segundo tempo. Gabriel Jesus entrou driblando na área rival e Richie tentou cortar, mas colocou na própria rede. O gol contra foi marcado aos 12 minutos da etapa final. Aos 20, David Silva marcou o quarto, de falta, e Sterling fechou o placar já nos acréscimos.