PUBLICIDADE
Topo

Arnaldo: "Luxemburgo contava sim com o Dudu no Palmeiras e o cenário mudou"

Do UOL, em São Paulo

03/07/2020 04h00

Dias depois de o técnico Vanderlei Luxemburgo ter declarado que pretendia montar o time do Palmeiras sem a presença de um camisa 10, atuando com quatro atacantes, com Dudu sendo o principal responsável pela armação das jogadas, o interesse do Al Duhail do Qatar pelo jogador e a acusação da esposa do jogador por agressão podem mudar o cenário no time.

No podcast Posse de Bola #39, o jornalista Arnaldo Ribeiro afirma que não havia qualquer sinal de que o jogador estaria de saída do Palmeiras até que fosse noticiada a acusação de agressão por Mallu Ohana, esposa de Dudu. Ele cita a entrevista de Luxemburgo como um sinal de que o técnico e o clube contavam com o camisa 7 para a sequência da temporada, situação que pode mudar caso se confirme a saída do atleta para o Qatar.

"Só para não ser leviano, mas ser apenas objetivo, a relação da saída do Dudu do Palmeiras e esse episódio, eu vou só citar a entrevista do Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras e do Dudu, há uma semana, antes de ter o problema médico e tudo mais. 'O meu time não terá mais um camisa 10, jogará com um quarteto ofensivo, e o Dudu será o principal responsável por essa engrenagem. Ou seja, há dez dias, o Palmeiras e seu treinador estavam contando absurdamente com o Dudu", afirma Arnaldo (disponível no vídeo acima a partir de 45:00).

"Seu técnico revelou, a sua diretoria tinha isso em mente. Evidentemente, tudo mudou em dez dias. E pela primeira vez existe um consenso que a melhor solução é a venda [dos direitos econômicos de Dudu], e não é uma questão esportiva, óbvio que não é. Eu não estou fazendo nenhuma ilação irresponsável, eu estou lidando com os fatos, a declaração do Luxemburgo e a posição da diretoria do Palmeiras. O Palmeiras contava sim com o Dudu, o Luxemburgo contava sim com o Dudu. E agora mudou o cenário e o Palmeiras vai ter que se remontar", completa o jornalista.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol