PUBLICIDADE
Topo

Léo Santos se recupera e "mata" ansiedade de Tiago Nunes para reforçar zaga

Léo Santos brigará por posição com Pedro Henrique, titular ao lado de Gil antes da pandemia - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Léo Santos brigará por posição com Pedro Henrique, titular ao lado de Gil antes da pandemia Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

01/07/2020 04h00

O Corinthians ganhou o famoso "reforço caseiro" em seu retorno aos treinos. Isso porque o zagueiro Léo Santos, revelação das categorias de base do clube, está recuperado de uma grave lesão no joelho direito e entra forte na briga por uma vaga na zaga do Alvinegro.

O zagueiro de 21 anos tem moral com o técnico Tiago Nunes. Segundo apurou o UOL Esporte, o treinador perguntava constantemente ao departamento médico quando Léo Santos seria liberado. Em tom de brincadeira, Tiago até pediu diversas vezes para o DM "liberar" logo o jovem defensor.

Tiago Nunes vê bastante potencial em Léo Santos. Não é por acaso que o Corinthians em plena pandemia do novo coronavírus renovou o contrato do defensor. O zagueiro estendeu seu vínculo até o fim de 2023. O antigo contrato do jogador terminava em setembro deste ano.

Diversos jogadores foram dispensados por Tiago Nunes, inclusive, ídolos do clube, como Ralf e Jadson. No caso de Léo Santos, o ex-treinador do Athletico-PR pediu a sua permanência, mesmo com o atleta vetado no departamento médico em sua chegada no início deste ano.

A reportagem ainda apurou que Léo Santos está totalmente recuperado e, inclusive, já arriscou uns chutes na bola com a perna de direita — um dos principais receios do jogador. Em setembro do ano passado, o zagueiro sofreu uma fratura no joelho direito.

No primeiro semestre de 2019, Léo Santos foi emprestado ao Fluminense, mas retornou em abril após sofrer uma tendinite patelar no joelho e também passar por cirurgia.

O zagueiro de 21 anos briga por posição na zaga do Corinthians com os seguintes jogadores: Gil, Danilo Avelar, Pedro Henrique e Bruno Méndez. Léo Santos foi promovido ao time profissional em 2016 e disputou 41 jogos pelo Alvinegro. O clube paulista detém 70% dos direitos econômicos do defensor e, inclusive, o vê com grande potencial de venda para o futebol europeu.

Futebol