PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro tentou troca de joia da base por dívida de R$ 12,4 mi com o Tigres

Conselho Gestor tentou trocar jovem Alejandro por dívida com o Tigres, do México, pela compra de Sóbis - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Conselho Gestor tentou trocar jovem Alejandro por dívida com o Tigres, do México, pela compra de Sóbis Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

01/07/2020 04h00

O Cruzeiro tentou acertar, ainda durante a gestão do Núcleo Dirigente Transitório (encerrada em 31 de maio passado), a ida de Alejandro, de 18 anos, ao Tigres, do México, em troca da dívida pela aquisição de Rafael Sóbis.

Os mineiros têm que pagar US$ 2.286.840,00 (R$ 12,4 milhões na cotação atual) até 15 de julho, conforme ação movida na Fifa. A intenção do antigo conselho gestor era envolver a ida do meio-campista ao time mexicano para abatimento do débito. As conversas avançaram e ficaram perto de um desfecho positivo. Porém, as tratativas emperraram por causa da pandemia do novo coronavírus.

Com contrato até março de 2023, Alejandro é filho de mexicano e tem passaporte para jogar no país. A nacionalidade e as convocações para a seleção brasileira de base fizeram o Tigres aceitar as negociações propostas pelos membros da gestão temporária.

Em meio às conversas com o Tigres, houve uma proposta também do México, por meio de um empresário local, para levá-lo ao Monterrey. Foi feita uma oferta de empréstimo com os direitos do jovem fixados em US$ 800 mil (R$ 4,3 milhões). A diretoria, contudo, recusou a possibilidade à época.

O Cruzeiro detém 100% dos direitos econômicos de Alejandro. Há uma carta de comissionamento de 20% em uma futura venda para a empresa Rs 05 Sport & Marketing, em nome de Ricardo Santos Sarti.

Cruzeiro