PUBLICIDADE
Topo

D'Alessandro deixa futuro aberto e cita falta de lógica sobre jogos no Rio

D"Alessandro é um dos maiores ídolos recentes da história do Inter; ele tem contrato até o fim do ano com o clube - Divulgação/Internacional
D'Alessandro é um dos maiores ídolos recentes da história do Inter; ele tem contrato até o fim do ano com o clube Imagem: Divulgação/Internacional

Do UOL, em São Paulo

30/06/2020 14h59

Aos 39 anos, o meia Andrés D'Alessandro deve decidir nos próximos meses o momento em que vai aposentar as chuteiras dos gramados.

Ídolo do Internacional e do River Plate, o argentino revelou à Efe que deve fazer seu último jogo como profissional com a camisa do time gaúcho "se nada estranho acontecer", mas mostrou não pensar no tema.

"Eu quero ir com calma, não é como se eu já fosse parar de jogar no fim do ano, mas quero ver como chego lá fisicamente e mentalmente. Depois tomo uma decisão", iniciou o camisa 10.

"Se eu chegar ao final do ano cansado e não querendo saber mais nada, vou tomar a decisão [de parar]. Mas hoje ainda sinto vontade de levantar cedo porque gosto de futebol", completou ele, que tem contrato com o Inter até o fim do ano.

A pandemia do novo coronavírus, no entanto, pode fazer com que o vínculo se estenda por alguns meses, já que o calendário do futebol brasileiro da atual temporada pode acabar em 2021.

Ao ser questionado sobre a paralisação, D'Ale falou que considera estranho ver o futebol no Rio de Janeiro - segundo estado com mais casos e mortes por covid-19 do país - voltar, já que no Rio Grande do Sul os índices são menores e tudo está parado.

"São coisas que não são lógicas, são ilógicas", resumiu o argentino à Efe.

Internacional