PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Candidato à presidência da Federação Espanhola quer Maradona como técnico

Argentino é o atual treinador do Gimnasia y Esgrima - AGUSTIN MARCARIAN
Argentino é o atual treinador do Gimnasia y Esgrima Imagem: AGUSTIN MARCARIAN

Do UOL, em São Paulo

30/06/2020 20h38

Diego Maradona pode ser o técnico da seleção da Espanha. Pelo menos, é o que promete Antonio Torres, pré-candidato à presidência da RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol), segundo a rede de TV catalã Betevé.

De acordo com o canal, Torres já tem um acordo com Maradona para que, dependendo do resultado nas eleições da federação, ocupe o posto até a Copa do Mundo de 2022, no Qatar. O cargo hoje é ocupado por Luis Enrique Martinez.

Maradona é atualmente o técnico do Gimnasia y Esgrima, na Argentina. Em 2010, ele foi o treinador da seleção alviceleste na Copa do Mundo disputada na África do Sul, caindo nas quartas de final com uma derrota por 4 a 0 para a Alemanha.

"Como jogador, foi o melhor de todos os tempos. Como treinador, seus conhecimentos estão acima de todo mundo no tema do futebol", disse Alberto Torres, que vem negociando nas últimas três semanas com representantes de Maradona.

As eleições à presidência da federação espanhola estão marcadas para 17 de agosto, mas o pleito ainda pode ser adiado para setembro. Antonio Torres concorre ao cargo com Luis Rubiales, atual presidente. O ex-goleiro Iker Casillas também era um postulante, mas retirou sua candidatura.

Esporte