PUBLICIDADE
Topo

Arnaldo: "Se preocupam não com a mulher do Dudu, mas em tirá-lo de cena"

Do UOL, em São Paulo

30/06/2020 04h00

Após a esposa de Dudu acusar o atacante de tê-la agredido fisicamente, houve muitos questionamentos em redes sociais de torcedores falando sobre o assunto e cobrando um posicionamento dos jornalistas a respeito do caso que ainda está sendo apurado pela Polícia Civil de São Paulo — os envolvidos já prestaram depoimento.

No podcast Posse de Bola #39, o jornalista Arnaldo Ribeiro critica o clamor nas redes sociais em relação a Dudu e afirma que muitos torcedores de clubes rivais estão mais preocupados em atingir o jogador destaque do Palmeiras do que Mallu Ohanna, mulher do atleta.

"Sobre o clamor da torcida virtual pela condenação ou pela nossa posição em relação ao Dudu, ninguém está preocupado. Isso que me faz sofrer, ninguém está de fato preocupado com a mulher do Dudu, com a circunstância em si. Está preocupado em tirá-lo de cena como adversário, é uma preocupação clubista", afirma Arnaldo (disponível no vídeo acima a partir de 43:08).

"Assim como a do Bruno Henrique cassar o CNH não é com o crime de 'falsificar um documento', é que ele não esteja jogando, é uma questão tão rasteira. A cobrança é uma cobrança rasteira para que esse jogador ou aquele jogador, digamos, saia da frente como adversário, e não com o fato em si. É basicamente isso", completa o jornalista.

Arnaldo diz ainda que, embora tenha outros casos recentes envolvendo jogadores de futebol violência doméstica, a opinião pública tem ajudado a apontar que os clubes não sejam coniventes com esse tipo de situação, citando o caso de Robinho, condenado na Itália a nove anos de prisão por violência sexual.

"Alguns posicionamentos evitaram com que o Robinho voltasse para o Santos, não é o interesse atual do Santos. O Santos tentou repatriar o Robinho algumas vezes e a manifestação, a rejeição da opinião pública foi o suficiente para o Santos não ir atrás. Quantas vezes clubes tentaram contratar o goleiro Bruno? Quantas vezes houve uma reação da opinião pública que fez a coisa voltar atrás? O Jean, goleiro do São Paulo, que já está agora no Atlético-GO, enfim", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol