PUBLICIDADE
Topo

Em carta, Klopp diz que Dalglish é 'alma' e Gerrard 'pernas' do Liverpool

Técnico do Liverpool prestou homenagens aos torcedores e relembrou ídolos da equipe inglesa - Phil Noble
Técnico do Liverpool prestou homenagens aos torcedores e relembrou ídolos da equipe inglesa Imagem: Phil Noble

Do UOL, em São Paulo

29/06/2020 08h41

Classificação e Jogos

Dias depois de conquistar o título do Campeonato Inglês, o técnico Jurgen Klopp, do Liverpool, decidiu inovar e escreveu uma carta aberta ao jornal Liverpool Echo, um dos mais importantes da cidade.

O alemão aproveitou o espaço para se dirigir não somente aos torcedores de seu time, mas também aos fãs do Everton, rival do Liverpool e que tem sede na mesma cidade.

"Em primeiro lugar, se você está lendo este jornal, é porque se preocupa com a cidade de Liverpool e quer saber mais ela, portanto, nesse sentido, já temos algo em comum. Nunca antes escrevi uma carta para um jornal. Eu faço muitas coletivas de imprensa e sei que sou mencionado na mídia mais do que o normal, mas é a primeira vez que sinto necessidade de escrever uma carta e a razão disso é que quero falar diretamente com o povo de Liverpool", iniciou o treinador.

"Este é um momento incrível para torcedores incríveis de um clube incrível em uma cidade incrível. Para alguns de vocês, é o fim de uma longa espera pelo Liverpool ser campeão, mas, se você está esperando há 30 anos ou 30 minutos, espero que você esteja gostando desse momento tanto quanto merece", prosseguiu Klopp, abordando logo depois a grandeza do Everton.

Após elogiar o "grande rival em todos os sentidos", Klopp usou a carta para homenagear dois ídolos da história Liverpool: Kenny Dalglish e Steven Gerrard.

"Além dos jogadores atuais, gostaria de prestar uma homenagem especial a dois de nossos ex-jogadores que estabeleceram muitos dos padrões que todos nós devemos seguir. Sir Kenny Dalglish é a alma deste clube. Sua compreensão do que é o Liverpool e o que isso significa para as pessoas é vital para tudo o que fazemos. Vi como ele estava feliz depois que fomos confirmados como campeões na quinta-feira e seu sorriso significou tanto para mim que não consigo expressar isso", relembrou Klopp.

"Já Steven Gerrard é as pernas. Ele carregava o clube de muitas maneiras como jogador e não há ninguém que mereça esse título mais do que ele. Juntamente com Kenny, Steven é um símbolo deste clube e é importante que, em um momento como este, lembremos de tudo o que todos os nossos ex-jogadores e ex-gerentes fizeram para nos ajudar a nos colocar na posição em que estamos hoje", concluiu.

"Ainda vamos celebrar"

No fim da carta, Klopp fez um alerta para que os torcedores não se aglomerem para festejar o título do Campeonato Inglês - tudo por conta da pandemia do coronavírus.

"Se as coisas fossem diferentes, eu adoraria ter um desfile ainda maior do que aquele depois que vencemos a Liga dos Campeões no ano passado, para que todos pudéssemos compartilhar esse momento especial, mas simplesmente não é possível", iniciou ele.

"Todos nós fizemos muito para combater a covid-19 e esse esforço não pode ser desperdiçado. Devemos a nós mesmos e uns aos outros fazer o que é certo e, neste momento, isso significa estar juntos um pelo outro, mas separados. Quando for a hora certa, celebraremos. Ainda vamos celebrar esse momento e pintar a cidade de vermelho. Mas, por enquanto, fique em casa o máximo possível. Não é hora de estar em grande número no centro da cidade ou de se aproximar de campos de futebol."

Liverpool