PUBLICIDADE
Topo

Dortmund dificulta saída de Sancho: 'Nenhum clube pagará o que queremos'

Jadon Sancho pode deixar o Borussia Dortmund, mas clube não está disposto a facilitar - EFE/FRIEDEMANN VOGEL
Jadon Sancho pode deixar o Borussia Dortmund, mas clube não está disposto a facilitar Imagem: EFE/FRIEDEMANN VOGEL

Do UOL, em Porto Alegre

29/06/2020 09h25

O Borussia Dortmund não está disposto a facilitar a saída de Jadon Sancho. Ainda que admita negociar o jogador, o CEO Hans-Joachmin Watzke disse que não crê que qualquer time atinja o valor esperado pelo clube.

Sacho é alvo do Manchester United e do Real Madrid. Os ingleses, em negociação que se arrasta há bastante tempo, estão mais perto. Entre idas e vindas, o United já recuou algumas vezes pelas dificuldades impostas pelos alemães.

Enquanto isso, Sancho parece estar disposto a mudar de clube. Segundo a imprensa inglesa, o jogador até viajou ao país sem autorização e foi criticado no Dortmund pelo comportamento.

"Se o Jadon (Sancho) vir até nós e disser que quer sair, não importa para onde, e isso ainda não aconteceu, vamos discutir. E o clube precisa estar disposto a pagar o que queremos por ele. Eu acredito que nenhum clube pagará o que queremos por ele", disse Watzke à Sky Sports.

Com 20 anos, Sancho disputou 44 jogos e marcou 20 gols na atual temporada. O Borussia Dortmund pede ao menos 130 milhões de euros (R$ 796 milhões na cotação atual) para liberar o jogador.

Manchester United