PUBLICIDADE
Topo

Klopp conta bastidores de título e diz que Liverpool 'não vai parar'

Jurgen Klopp comemorou a conquista do título inglês do Liverpool, ontem - Mike Hewitt - FIFA/FIFA via Getty Images
Jurgen Klopp comemorou a conquista do título inglês do Liverpool, ontem Imagem: Mike Hewitt - FIFA/FIFA via Getty Images

Do UOL, em Porto Alegre

26/06/2020 14h46

Classificação e Jogos

Jurgen Klopp chorou em entrevista, fez dancinha em festa e, refeito da comemoração do título do Campeonato Inglês conquistado ontem, falou sobre o momento do Liverpool. O treinador revelou o que fez nos instantes finais da partida que definiu o título, com a derrota do Manchester City para o Chelsea, e prometeu que sua equipe não irá se acomodar.

"Liguei para minha família 10 segundos antes do apito final. Fizemos uma chamada de vídeo, falei que os amava, eles disseram que me amam. Não podemos estar juntos, e isso não é legal, mas é assim que é. Então coloquei o telefone na mesa e deixei ali, porque em quatro ou cinco segundos algo especial pode acontecer. Eles viram o jogo e sabiam, é claro. Foi um momento muito bom, para ser honesto", disse aos veículos de comunicação do clube.

A ligação ocorreu perto do fim do jogo entre Manchester City e Chelsea. Os comandados de Guardiola precisavam vencer para seguir com chances de desbancar os Reds, mas perderam por 2 a 1.

"Estou feliz, muito feliz. A noite passada foi muito puxada, mas é um ótimo momento na minha vida. É uma mistura de tudo. É uma grande conquista, eu sei disso. Foi uma incrível caminhada até aqui. O que os jogadores fizeram neste período em que estou aqui foi excepcional. Estou muito feliz por eles, por termos conseguido isso", comentou Klopp.

Mas se engana quem pensa que a série de bons resultados ocasionará acomodação. Ainda com jogos para conclusão do Inglês, o treinador promete que o time seguirá evoluindo para manter o momento de glória.

"Não vamos parar. É isso. Nós realmente vamos continuar focados. Não parar não significa que vamos vencer todos os jogos, mas que podemos ainda melhorar. Os outros times já são bons e vão melhorar. O Manchester City, por exemplo, é excepcional. Não posso prometer que vamos ganhar tudo, mas vamos fazer o máximo para sempre melhorar", argumentou.

"Os últimos 13 meses foram muito especiais para nós, é verdade, absolutamente verdade. Eu gostaria de incluir o ano anterior também, porque foi um período especial, em termos de futebol, na minha vida. Ganhamos vários jogos, conseguimos tantos pontos, e isso é absolutamente excepcional. Nunca passei por isso antes. Tive bons momentos na carreira, mas não tão bons", finalizou.

O Liverpool encara o Manchester City na próxima quinta-feira e poderá comemorar o título exatamente contra o vice-líder. O jogo será no Etihad Stadium às 16h15 (de Brasília).

Liverpool