PUBLICIDADE
Topo

Ex-diretor do Cruzeiro levou R$ 73 mil por jogo das oitavas da Copa BR 2018

Sergio Nonato dos Reis (à direita) ocupava o cargo de diretor-geral do Cruzeiro na gestão passada - Bruno Haddad/Cruzeiro
Sergio Nonato dos Reis (à direita) ocupava o cargo de diretor-geral do Cruzeiro na gestão passada Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

26/06/2020 04h00

Resumo da notícia

  • O diretor emitiu nota fiscal e recebeu o valor em outubro do mesmo ano
  • Entretanto, nega que seja apenas por causa do confronto específico
  • A nota diz que o valor é referente à "gratificação pelo jogo de ida CEC x Atlético Paranaense em 16/05/2018"
  • "Não existe prêmio por jogo. O Cruzeiro paga prêmios por objetivo alcançado", disse Sérgio Nonato ao UOL

Sérgio Nonato, ex-diretor-geral do Cruzeiro, recebeu premiação de R$ 73.519,00 por causa do triunfo sobre o Athletico-PR no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2018. O diretor emitiu nota fiscal e recebeu o valor em outubro do mesmo ano. Entretanto, nega que seja apenas por causa do confronto específico.

O documento emitido pelo antigo dirigente explica que o valor é referente à "gratificação pelo jogo de ida CEC x Atlético Paranaense em 16/05/2018". No jogo em questão, a Raposa venceu o Furacão por 2 a 1 em plena Arena da Baixada. Henrique e Raniel fizeram para os mineiros, enquanto Thiago Carleto deixou a sua marca para o mandante.

Procurado para falar sobre o tema, Sérgio Nonato contrariou a descrição da própria nota fiscal e escreveu: "Não existe prêmios por jogo na Copa do Brasil. O Cruzeiro, como todos os clubes brasileiros, paga prêmios [bichos] aos seus atletas e alguns funcionários, por objetivo alcançado".

No mesmo período, ele recebeu mais R$ 81.557,00 por metas estabelecidas. No documento, há uma inscrição à caneta assinada por José Sobrinho, membro do departamento financeiro à época, que afirma que o pagamento não estava previsto em contrato.

Sérgio Nonato recebeu pagamentos concomitantes por meio de duas empresas distintas em sua passagem pelo Cruzeiro, que durou entre janeiro de 2018 e outubro de 2019. Ele faturou R$ 714.839,00 por meio da SRN Consultoria Esportiva, da qual é o único sócio. Os pagamentos foram registrados como serviço de consultoria esportiva ou gratificações/bonificações.

Entre outubro de 2018 e janeiro de 2019, Sérgio Nonato recebeu ao menos R$ 1.167.530,00 por meio da empresa Status Assessoria Esportiva Ltda. Os pagamentos foram registrados como prestação de serviços esportivos ou como gratificação.

Cruzeiro