PUBLICIDADE
Topo

Médico do Galo aponta que clubes pequenos devem receber ajuda

Rodrigo Lasmar, médico do Atlético-MG - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Rodrigo Lasmar, médico do Atlético-MG Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/06/2020 23h00

Classificação e Jogos

Rodrigo Lasmar, médico do Atlético-MG e da seleção brasileira declarou que os clubes pequenos devem receber ajuda das federações estaduais para terem condições plenas de cumprirem os protocolos de segurança para o retorno do futebol.

Lasmar frisou que garantir que os clubes menores cumpram os protocolos é uma medida de segurança para todos os jogadores, já que eles vão experimentar um certo tipo de aglomeração, dentro do campo.

"Os clubes pequenos terão muito mais dificuldades de infra-estrutura e financeiras para voltar ao futebol com a segurança necessária. Então, acho que nesse momento, cabe à federações criar ferramentas para que esses clubes também tenham apoio. A segurança deles também é a segurança dos clubes grandes, já que os atletas terão contato. É importante ter todos testados para voltarmos sem nenhum problema", declarou em entrevista ao Troca de Passes, do SporTV, hoje.

O médico do Galo afirmou que a data de retorno previsto para o Campeonato Mineiro é o dia 26 de julho. Lasmar afirmou que a data foi definida a partir de uma previsão do pico da curva de contaminações por Coronavírus no estado.

"Minas vê os números de casos aumentando. Por isso a Federação Mineira de Futebol não está precipitando o retorno do futebol. Pensa-se em voltar com o futebol a partir da curva decrescente - que acredita-se que será a partir da segunda quinzena de julho. Estamos considerando o retorno a partir do dia 26 de julho como uma data segura, com tempo para implementar os protocolos com planejamento", completou.

UOL Esporte vê TV