PUBLICIDADE
Topo

Os Canalhas: "Ceni não soube fazer gestão do elenco no Cruzeiro", diz Fábio

Fernando Moreno/AGIF
Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Do UOL, em São Paulo

24/06/2020 19h12

O goleiro Fábio, do Cruzeiro, revela em entrevista exclusiva ao programa Os Canalhas, que vai ao ar no UOL Esporte nesta quinta-feira, às 18h, os bastidores da relação do técnico Rogério Ceni com o elenco do clube no ano passado e afirma que o treinador não soube trabalhar a gestão do grupo.

No papo conduzido pelos jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana, o goleiro que está próximo de completar 40 anos, não poupa palavras para descrever a temporada que culminou no primeiro rebaixamento da história do Cruzeiro para a Série B do Campeonato Brasileiro e os atritos dos jogadores com Ceni.

"O erro do Rogério foi não saber fazer a gestão do elenco", diz o goleiro. "Algumas declarações que foram cruciais para esse atrito entre os atletas e o Rogério. Começou em algumas declarações que o Rogério falou que o time sentiu explicitamente, indiretamente ou diretamente, falou que o time sentiu pela idade, que alguns jogadores não podiam mais jogar juntos".

Fábio também fala sobre a ausência em seleções que disputaram as Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014, se vê como injustiçado, além de abordar declarações de Taffarel e Gilmar Rinaldi, e ainda sua religiosidade no meio do futebol.

Ele também não alivia as diretorias passadas do Cruzeiro pelo momento que o clube vive atualmente e ainda sobre a sua relação com o clube, que tem hoje seu filho como um dos goleiros nas categorias de base.

Os Canalhas: Quando e onde?

O programa Os Canalhas vai ao ar toda semana em duas edições semanais, na terça-feira, às 14h, e na quinta-feira, às 18h, em transmissão ao vivo, ou gravado, disponível na home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte no Youtube e no Facebook e Twitter, com os jornalistas João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana entrevistando personalidades importantes do esporte brasileiro. Inscreva-se no canal Os Canalhas no Youtube para conferir mais de João Carlos Albuquerque e Rodrigo Viana.

Futebol