PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Crivella fará ajuste em decreto e veto só valerá para jogos de Bota e Flu

Prefeito do Rio, Marcelo Crivella irá fazer ajuste no Diário Oficial e decreto só valerá para jogos de Bota e Flu - André Melo Andrade/Myphoto/Estadão Conteúdo
Prefeito do Rio, Marcelo Crivella irá fazer ajuste no Diário Oficial e decreto só valerá para jogos de Bota e Flu Imagem: André Melo Andrade/Myphoto/Estadão Conteúdo

Bruno Braz, Caio Blois e Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/06/2020 19h31Atualizada em 20/06/2020 22h19

Após baixar um decreto no Diário Oficial em que suspendia todas as competições esportivas no Rio de Janeiro até o próximo dia 25, o prefeito Marcelo Crivella voltou atrás e afirmou que vai editá-lo. Será feito um ajuste especificando que tal medida só valerá para as partidas de Botafogo e Fluminense que aconteceriam na próxima segunda-feira (22) contra Cabofriense e Volta Redonda, respectivamente.

Com esta atualização, foram mantidos os jogos entre Vasco e Macaé, em São Januário, e Madureira e Resende, em Conselheiro Galvão, na Zona Norte da cidade. As partidas estavam previstas para este domingo (21), mas foram adiadas. O jogo vascaíno foi deslocado para quarta-feira (24), às 21h30, enquanto a segunda partida ficou para quinta (25), às 15h.

Após o primeiro decreto ser publicado, Vasco, Macaé e Ferj chegaram a cogitar transferir a partida para o município de Saquarema (RJ) numa tentativa de "driblar" a sanção.

Em vídeo divulgado por sua assessoria, Crivella faz um comentário ambíguo sobre as idas e vindas deste sábado. "O decreto publicado suspende os jogos de futebol até a próxima quinta-feira, apenas para que os protocolos de vigilância sanitária da federação se adaptem aos nossos da Prefeitura e que haja uma fiscalização. Ficam suspensos basicamente os jogos de Botafogo e Fluminense", disse.

A Prefeitura não explicou, porém, quais seriam as adaptações necessárias em termos de protocolo para que as partidas destes clubes pudessem ser realizadas. Lembrando que a dupla Bota e Flu segue em litígio com os concorrentes quanto à retomada do Campeonato Carioca.

Hoje, mais cedo, uma segunda rodada de audiência de conciliação foi feita no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) entre a Ferj, Botafogo, Fluminense e os demais clubes, mas nenhum acordo foi feito.

O Tricolor chegou a ceder e topou jogar a partir do dia 30 de junho, mas a federação não concordou com tal data.

Futebol