PUBLICIDADE
Topo

É sério: time de Atibaia, cidade onde Queiroz foi preso, joga de laranja

Sport Club Atibaia disputa a Série A-2 do Campeonato Paulista em 2020 - SC Atibaia/Divulgação
Sport Club Atibaia disputa a Série A-2 do Campeonato Paulista em 2020 Imagem: SC Atibaia/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

18/06/2020 14h32

A cidade de Atibaia, no interior de São Paulo, se viu no epicentro do noticiário político nacional na manhã de hoje. O motivo: a prisão preventiva de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), em um endereço do município. Queiroz foi localizado em um imóvel que pertence a Frederick Wassef, advogado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do próprio Flávio.

Apontado como laranja, o ex-assessor teria participação, segundo investigação, em um esquema de lavagem de dinheiro do gabinete de Flávio, recolhendo remuneração de funcionários fantasmas e devolvendo a Flávio, que foi deputado estadual no RJ entre 2003 e 2019.

No entanto, em entrevista ao SBT em 2019, Queiroz negou que trabalhasse como um laranja do filho do presidente. "Sou um cara de negócios, eu faço dinheiro... Compro, revendo, compro, revendo, compro carro, revendo carro. Sempre fui assim", afirmou ele na ocasião, justificando a movimentação atípica de dinheiro.

Mas uma coincidência fez com que o esporte da Atibaia também fosse lembrado hoje nas redes sociais: a cidade tem um time, o Sport Club Atibaia, que disputa em 2020 a Série A-2 do Campeonato Paulista e que veste uniformes laranjas.

Fundado em 12 de dezembro de 2005, o Atibaia disputou a quarta divisão de São Paulo entre 2006 e 2014, quando foi promovido. Embora tivesse conquistado uma das vagas que davam o acesso na Série A-3 em 2015, teve a promoção barrada por questões de estádio. No entanto, faturou a terceira divisão estadual em 2018 e chegou, enfim, à Série A-2.

Na edição atual do torneio, paralisada, o Atibaia é o 11º colocado entre os 16 times participantes, somando 14 pontos em 12 jogos. E como não tem nada com as prisões que acontecem na cidade, o clube — que vem mandando seus jogos a diversas outras cidades — tem utilizado a pausa na Série A-2 para incentivar o isolamento social de torcedores.

Corneta FC