PUBLICIDADE
Topo

Presidente defende bloqueio de bens e expulsão de ex-dirigentes do Cruzeiro

Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro, comenta investigações sobre a antiga gestão - Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro, comenta investigações sobre a antiga gestão Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

13/06/2020 04h00

Presidente do Cruzeiro há 13 dias, Sérgio Santos Rodrigues não esconde o desejo de punir os membros da antiga gestão do clube após as investigações da Polícia Civil e do Ministério Público de Minas Gerais.

O novo mandatário cruzeirense crê que é possível bloquear bens e expulsar do Conselho Deliberativo os integrantes da administração passada, liderada pelo trio Wagner Pires de Sá, Itair Machado e Sérgio Nonato dos Reis.

"A gente quer essa punição como ninguém. Quer essa punição no âmbito criminal e, depois que assim ficar consolidado, no âmbito cível. O nosso jurídico já está prontinho para agir. É ação de bloqueio de bem, vamos expulsar do clube quem roubou o Cruzeiro. Vamos fazer o possível para essas pessoas serem apagadas da história do clube e não passarem na porta nem da sede, nem de nenhum dos nossos clubes sociais", disse o dirigente por meio de transmissão ao vivo feita pelo clube.

"Podem ter certeza de que, assim como vocês, a gente quer demais que quem lesou o Cruzeiro pague por isso. A gente não vai permitir que passe impune quem cometeu irregularidades contra o Cruzeiro, quem usou o seu dinheiro [verbas do clube] em proveito próprio. Podem ter certeza que seremos implacáveis", acrescentou.

A diretoria contratou um escritório especializado em direito criminal para auxiliar nos interesses da Raposa durante as investigações.

"Trouxemos o doutor Fred Pires, Frederico Pires, filho do querido Ariosvaldo Campos Pires, um dos maiores criminalistas do Brasil. O Fred vai ser nosso advogado criminal. O Fred já tem nos ajudado bastante com visitas à Polícia Civil e ao Ministério Público. Vai nos ajudar na parte criminal para buscar o resultado que não só eu, mas todo torcedor cruzeirense quer, que é recuperar e punir as pessoas que levaram o Cruzeiro a essa situação", afirmou.

Cruzeiro