PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Clubes entregam protocolo e aguardam aval por treinos na segunda-feira

Presidentes de Corinthians, Palmeiras e São Paulo se reúnem com prefeito de São Paulo, Bruno Covas, para discutir volta aos treinos - Divulgação/FPF
Presidentes de Corinthians, Palmeiras e São Paulo se reúnem com prefeito de São Paulo, Bruno Covas, para discutir volta aos treinos Imagem: Divulgação/FPF

Do UOL, em Porto Alegre

11/06/2020 11h49

Os presidentes dos principais clubes da cidade de São Paulo se reuniram com o prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), para entregar a proposta que pede a retomada dos treinos nesta segunda-feira (15). O encontro ocorreu na manhã de hoje, na sede da prefeitura.

Na reunião foi entregue um documento que será avaliado pelos órgãos competentes. A retomada dos treinamentos na próxima segunda-feira é debatida há bastante tempo. O Governo do Estado repassou às prefeituras a definição sobre a retomada nos trabalhos coletivos dos clubes de futebol. Segundo nota da Federação Paulista de Futebol (FPF), a proposta será, agora, repassada para análise da Vigilância Sanitária.

"A FPF e os clubes da capital, agora, aguardam aval para que as atividades sejam retomadas, sempre de forma responsável", diz trecho da nota.

Além dos mandatários de Corinthians (Andrés Sanchez), Palmeiras (Maurício Galiotte) e São Paulo (Carlos Augusto de Barros e Silva), participaram também o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, o presidente do TJD-SP, o deputado Delegado Olim, e os secretários municipais de Esporte, Maurício Landim, da Justiça, Rubens Rizek, e da Saúde, Edson Aparecido.

O Red Bull Bragantino, único clube a retomar trabalhos até agora, irá paralisar os treinos e voltar somente quando todos estiverem autorizados. Em outras cidades, os clubes trabalharão com as prefeituras para a liberação das atividades.

Ainda hoje ocorrerá reunião com Sindibol (Sindicato das Associações de Futebol de São Paulo), Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo, Sindicato dos Treinadores do Estado de São Paulo, Sindicato dos Árbitros de São Paulo, Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Estado de São Paulo, Governo do Estado, Federação Paulista de Futebol e representantes de 16 clubes da Série A1 do Campeonato Paulista.

Futebol