PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Botafogo abre espaço na folha por S.A., e Cícero pode ser o próximo a sair

Cícero treina com Joel Carli; meio-campista pode ter mesmo destino do zagueiro e deixar o Botafogo - Vitor Silva/BFR
Cícero treina com Joel Carli; meio-campista pode ter mesmo destino do zagueiro e deixar o Botafogo Imagem: Vitor Silva/BFR

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

07/06/2020 04h00

Em busca de reformulação no departamento de futebol de olho na transformação em S.A., o Botafogo tenta manter a folha salarial baixa e, neste movimento, o volante Cícero pode ser o próximo a deixar o Alvinegro. Apesar de o experiente jogador ter aceitado uma readequação no começo da temporada, ele ainda tem um dos vencimentos mais altos do elenco, e a pouca utilização em 2020 pesa.

O vínculo de Cícero com o Botafogo vai até o fim deste ano, mas a diretoria busca uma solução mais imediata, assim como fez com o zagueiro Joel Carli, dispensado pelo clube.

Na atual temporada, Cícero atuou em apenas sete jogos, sendo cinco pelo Campeonato Carioca e dois pela Copa do Brasil - ao todo, foram 436 minutos em campo. Mais recentemente, o jovem Caio Alexandre tem sido o titular na posição.

A ideia da cúpula alvinegra é fazer com que os compromissos financeiros com o elenco estejam dentro de um cenário que permita, após o projeto se concretizar, a contratação de nomes com o perfil que a nova realidade permite.

Recentemente, dentro desse mesmo planejamento, o Botafogo negociou jovens criados na base que estavam sem espaço no elenco profissional, como foram os casos do volante Gustavo Bochecha, vendido ao Juventude, e do atacante Vinicius Tanque, que teve direitos comprados pelo Cartagena, da Espanha.

Internamente, o projeto da S.A. é tratado com otimismo e, inclusive, muitos acreditam que, em breve, será concretizado. Porém, recentemente, o clube recebeu um pedido de sigilo dos investidores neste primeiro momento. Algumas pessoas que estão à frente no Alvinegro falaram abertamente o nome de empresários que chegaram a negociar com a equipe. Para evitar surpresas, o "pessoal do dinheiro" entrou em contato e pediu para manter tudo apenas entre as partes até que o acordo seja selado.

Siga o UOL Esporte no

Botafogo