PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG investe pesado em reforços para atender exigências de Sampaoli

Jorge Sampaoli, treinador do Atlético-MG, fez exigências ao clube no mercado da bola - Pedro Souza/Divulgação/Atlético-MG
Jorge Sampaoli, treinador do Atlético-MG, fez exigências ao clube no mercado da bola Imagem: Pedro Souza/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

06/06/2020 04h00

O Atlético-MG atua no mercado da bola a fim de atender aos pedidos de Jorge Sampaoli. Léo Sena e Alan Franco foram as primeiras contratações desde a chegada do argentino à Cidade do Galo. Ambos exigiram um investimento significativo. O clube, no entanto, não vai parar por aí. A diretoria busca outros reforços para agradar ao treinador. Entre os nomes, está o de Marrony, atacante do Vasco.

Jorge Sampaoli pediu mais de cinco atletas à diretoria na janela de transferências. Foi entregue uma lista ao presidente Sérgio Sette Câmara com o intuito de buscar reforços. A intenção do técnico é contratar um goleiro, um zagueiro, um lateral direito, um armador e dois atacantes, além da dupla de volantes já anunciada.

Com o aporte de Rafael Menin, Rubens Menin e Ricardo Guimarães, três dos principais credores do clube, a diretoria já gastou mais de R$ 13 milhões com os dois primeiros reforços. Léo Sena custou R$ 4,4 milhões aos cofres do clube. O montante pago por Alan Franco ainda não foi revelado.

O clube agora tenta a contratação de Marrony, atacante do Vasco. Foi feita uma proposta de 3 milhões de euros (R$ 16,82 milhões), mas os cariocas pedem 4 milhões de euros (R$ 22,43 milhões na cotação atual). Ainda não houve acordo entre as partes. O clube ainda irá atrás de atletas para outros setores, o que representará um gasto ainda maior.

Atlético-MG