PUBLICIDADE
Topo

Carli deixa Botafogo devido a alto salário e com gol histórico na bagagem

Joel Carli comemora gol do Botafogo diante do Vasco nas finais do Campeonato Carioca 2018 - Botafogo FR/Divulgação
Joel Carli comemora gol do Botafogo diante do Vasco nas finais do Campeonato Carioca 2018 Imagem: Botafogo FR/Divulgação

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/06/2020 04h00

Ao ficar fora dos planos do Botafogo, Joel Carli encerrou uma relação que deixou marcas para ambos os lados. Autor do gol que levou o clube à disputa de pênaltis na final do Campeonato Carioca de 2018, o argentino levou consigo o troféu e deixou seu nome na história.

Carli chegou em General Severiano no início de 2016, temporada que marcou o retorno do Alvinegro à elite do Brasileiro. Em um clube com recursos escassos, o zagueiro caiu nas graças da torcida e se tornou símbolo da raça em campo.

A última volta olímpica do Alvinegro tem a sua marca, mas o alto salário foi determinante para o ponto final do casamento. Com o Bota em apuros financeiros, o xerife teve de dar adeus. Os vencimentos já eram alvo da direção, que decidiu colocar um fim na história.

O último capítulo magoou o jogador, que tinha vínculo até o fim do ano que vem. As partes chegaram a negociar, mas não houve final feliz. Em suas redes sociais, ele agradeceu:

"Gostaria de agradecer o apoio incondicional da torcida, dos meus companheiros e ex-companheiros e de todos os funcionários do Botafogo nesse período de transição. Não me deram outra opção. Tentei de tudo, mas encerro um ciclo de quase cinco anos, no qual me dediquei ao máximo para estar à altura de um clube tão glorioso."

A cúpula do Alvinegro também manteve o tom carinhoso na despedida e ressaltou gratidão "a Joel Carli pelo profissionalismo ao longo dos anos em que defendeu a camisa alvinegra, desejando felicidade e sorte na sequência de sua carreira".

Em processo de transformar o clube em empresa, o Botafogo enxuga custos e a saída do defensor não deve ser a última. O clube avalia custos e não quer manter jogadores que não consigam dar o retorno esperado e representem gastos altos.

Botafogo