PUBLICIDADE
Topo

Ferj pede a clubes de fora da Série A do Carioca que não retomem atividades

Rubens Lopes (centro), presidente da Ferj, em entrevista após reunião com os clubes por conta do coronavírus - Caio Blois / UOL
Rubens Lopes (centro), presidente da Ferj, em entrevista após reunião com os clubes por conta do coronavírus Imagem: Caio Blois / UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

04/06/2020 17h05

Paralelamente às movimentações para a retomada do Campeonato Carioca, a Federação do Rio de Janeiro (Ferj) emitiu, hoje (4), uma resolução de diretoria em que indica que os clubes, com exceção aos da Série A do Estadual, devem permanecer com todas as suas atividades desportivas suspensas. O documento é assinado pelo diretor de competições Marcelo Vianna.

Na resolução, a Ferj aponta que ainda há necessidade de ajustes em relação às medidas a serem tomadas "em relação às demais competições ainda programadas no calendário estadual de eventos".

"Considerando a necessidade de consolidar e colocar em prática as diretrizes definidas nos protocolos de segurança e saúde que vêm sendo elaborados com vistas ao retorno do Campeonato Carioca, para, após, replicá-las, na medida e proporção necessárias, caso seja possível, em relação às demais competições ainda programadas no calendário estadual de eventos da FERJ de 2020", diz trecho do documento.

Na última terça-feira, a Ferj debateu o protocolo "Jogo Seguro" para alinhamentos em relação à retomada do Campeonato Carioca. O Fluminense, que se mostra contra a volta do futebol neste momento, não participou da reunião.

Na segunda-feira, Marcelo Crivella (Republicanos), prefeito do Rio de Janeiro, anunciou que o município terá uma flexibilização gradual, que será realizado em seis fases. Segundo cronograma divulgado, em duas semanas poderá acontecer competição esportiva sem público.

Veja nota da Ferj na íntegra:

"Marcelo Carlos Nascimento Vianna, Diretor do Departamento de Competições da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, no uso das atribuições que lhe são conferidas no Estatuto e Considerando que apesar de Estados e Municípios caminharem no sentido de determinar a flexibilização do isolamento social e retomada progressiva das atividades, dentre as quais as desportivas, estas últimas deverão atender a protocolos rígidos de segurança e saúde que ainda se encontram em fase final de análise, conclusão e aprovação, com vistas à implementação quando do retorno do Campeonato Carioca;

Considerando a necessidade de consolidar e colocar em prática as diretrizes definidas nos protocolos de segurança e saúde que vêm sendo elaborados com vistas ao retorno do Campeonato Carioca, para, após, replicá-las, na medida e proporção necessárias, caso seja possível, em relação às demais competições ainda programadas no calendário estadual de eventos da FERJ de 2020;

Considerando que enquanto a retomada do Campeonato Carioca não ocorrer, por motivos de força maior, permanece a imprevisibilidade de retorno à normalidade das atividades desportivas relacionadas às demais competições ainda previstas para o ano de 2020; Considerando a excepcionalidade do momento e da situação em geral

RESOLVE:

Indicar que, (com exceção das equipes da categoria de profissionais dos Cubes da Série A) os demais Clubes (profissionais e amadores) e as Ligas Municipais, cujas competições não tenham sido canceladas nos termos da RDP nº 016/20, devem permanecer com todas as suas atividades desportivas suspensas (treinamentos, coletivos, jogos amistosos e etc...), especialmente aquelas que envolvam as equipes das categorias de base, até ulterior deliberação.

Esta resolução entra em vigor nesta data revogadas as disposições em contrário.

Rio de Janeiro, 04 de junho de 2020.

MARCELO CARLOS NASCIMENTO VIANNA
DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE COMPETIÇÕES"

Futebol