PUBLICIDADE
Topo

Cartolouco e Pedro Bicalho avançam às quartas no Torneio Futebol Muleke

Do UOL, em São Paulo

01/06/2020 17h32

O 1º Torneio Futebol Muleke de videogame conheceu hoje (1º) os dois primeiros classificados para as quartas de final da competição. O jornalista Lucas Strabko, o Cartolouco, goleou o ex-BBB Hadson, o Hadybala, por 4 a 0 na partida de abertura da competição. Na próxima fase, vai encarar Pedro Bicalho, do Cruzeiro, que venceu o meio-campista Richard, do Corinthians, na decisão de pênaltis.

Amanhã, no segundo dia de disputas do Torneio Futebol Muleke, o astro Douglas Costa, da Juventus, vai encarar Rafael Longuine, do CRB. Na sequência, será a vez de Gustavo Henrique, do Flamengo, disputar mais uma vaga nas quartas de final contra o influenciador Bruninho, autor do perfil "Cenas Lamentáveis". Os duelos serão transmitidos pelo UOL a partir das 16h30.

Cartolouco goleia Hadybala

Um duelo de astros que desfilaram pela tela da Globo nos últimos tempos abriu a competição. E Cartolouco começou a transmissão provocando o ex-BBB Hadybala. "Eu sou time Manu Gavassi", disse o jornalista, em referência a outra participante da edição deste ano do reality show. Mas sem perder o espírito zoeiro nem com ele mesmo. "Quando eu saí da Globo a minha rejeição era igual a do Hadson, 80%", brincou.

Na hora de escolher os times, Cartolouco voltou a provocar. "Eu vou com a Juventus de Dybala, o verdadeiro", disse o jornalista. Hadybala foi de Barcelona. Logo no primeiro lance do jogo, do time italiano a chance de abrir o placar com um chute na trave.

Embora tenha escolhido a Juventus por causa de Dybala, que "empresta" seu nome ao apelido de Hadson por causa do "estilo de jogo parecido", o primeiro gol do campeonato saiu com outro jogador do time de Turim no game. E logo do mais famoso: foi com Cristiano Ronaldo que Cartolouco abriu o placar aos 15 minutos virtuais do primeiro tempo em um chute cruzado sem chances para o goleiro rival.

"Esse controle está uma m...", protestou Hadybala. Cartolouco não quis nem saber e até tirou a camisa na comemoração. Tendo domínio total da partida, o jornalista ampliou o marcador usando novamente Cristiano Ronaldo aos 30 da etapa inicial após uma finalização em dois lances.

A estratégia de Cartolouco parecia clara: provocar bastante o ex-BBB. "Mentira que você jogou no Basel", disse o jornalista ao ouvir a informação de Hadson, que afirmou ter um perfil errado na Wikipedia. "Em 2000, eu fui o primeiro brasileiro a jogar pelo Basel na Liga dos Campeões, mas aí eu tive problema de passaporte", disse.

"A gente chegou na fase de grupos da Champions, ia jogar com o Liverpool, mas aí deu um problema porque eu tive que voltar para o Brasil por não ter (certificado de) reservista e não podia tirar passaporte", contou o ex-jogador.

No segundo tempo, o Barcelona de Hadson começou melhor, mas logo Cartolouco retomou o domínio já mostrado no começo do jogo. E de tanto tentar, conseguiu um gol com Dybala. "Olha aqui quem fez o gol", disse o jornalista, que ouviu uma ofensa do ex-BBB, bastante revoltado com o controle que estava usando no game.

Ainda houve tempo para mais um gol de Cristiano Ronaldo, o terceiro do personagem do craque português na partida. A emoção foi tamanha que Cartolouco até derrubou uma garrafa de cerveja no chão. "Pintaram a casa ontem", lamentou o jornalista.

Depois, mais uma provocação bem-humorada. Cartolouco largou o controle e disse: "você não faz gol nem com as minhas mãos paradas". Hadybala teve uma chance e, de fato, não conseguiu fazer gol enquanto o adversário estava sem o joystick nas mãos.

Na reta final do jogo, um festival de tentativas de "lambretas" da Juventus. "Você sabe fazer algum outro drible?", questionou Rudy Landucci. "A audiência está me pedindo para você dar outro drible, esse já encheu o saco", completou o narrador. "Eu só sei dar esse", admitiu Cartolouco.

E não teve jeito. O jogo terminou 4 a 0 para Cartolouco, que avançou de fase. "Eu sempre fui time Hadybala, de peruca ou sem", brincou o jornalista após ter dito que torcia por Manu Gavassi no BBB.

Bicalho vence Richard em duelo de times brasileiros

Richard e Pedro Bicalho escolheram seus clubes da vida real no segundo duelo do dia no Troféu Futebol Muleke. Corinthians e Cruzeiro entraram no gramado virtual para uma disputa mais equilibrada que a que abriu o campeonato.

O começo da partida foi bem truncado, com os dois times mais ocupando espaços no meio-campo. "Agora é lockdown no meio do jogo, as pessoas não querem aproximação", brincou Rudy, enquanto os adversários não tentavam jogadas de maior perigo.

Depois de um primeiro tempo sem gols, Richard brincou com o narrador. "Acho que a transmissão aqui está travando, está falhando, porque eu ataquei umas oito vezes e aqui e você nunca falou", provocou o jogador do Corinthians.

Na segunda etapa, os dois competidores continuavam fazendo um jogo morno, sem emoções. E o placar não saiu do zero até o fim do tempo normal. Nas penalidades, o Cruzeiro de Bicalho começou desperdiçando a primeira cobrança. Richard converteu e saiu na frente. Mas os papéis se inverteram na série seguinte, empatando a disputa.

Com Fred, Bicalho passou à frente. Richard, com Gustagol, mandou na trave e ficou em desvantagem. Porém, na quarta série de penalidades, o cruzeirense errou e o corintiano acertou, deixando tudo igual em 2 a 2. Bicalho bateu com Rodriguinho no meio do gol e acertou. Contou com a sorte no lance seguinte, quando a cobrança do Corinthians foi para fora. Com o 3 a 2 nos pênaltis, Pedro Bicalho garantiu lugar para enfrentar Cartolouco na próxima fase.

O torneio

A competição organizada pelo UOL conta com 16 participantes e tem como finalidade arrecadar fundos para ajudar o combate ao coronavírus em comunidades carentes. Quem quiser doar pode fazer isso enquanto vê as partidas transmitidas pelo portal entre os dias 1 e 7 de junho.

Para isso, basta apontar seu celular para o QR code que estará na tela e transferir o valor desejado, tudo com a segurança do PagSeguro. Todo o valor arrecadado será destinado ao coletivo G10 das Favelas.

Os jogos são realizados no eFootball PES 2020, na versão de PlayStation 4. O formato de disputa é o mata-mata simples, com jogos únicos. Em caso de empate, cada duelo é decidido nos pênaltis.

Nas transmissões, o torneio terá narração (e imitações) do comediante Rudy Landucci com comentários de Igor Rezende (do canal Brasil Kickers), Alline Calandrini (ex-jogadora da seleção brasileira), Eduardo Tironi (do podcast Posse de Bola, do UOL) e Luís Simon (do Blog do Menon, do UOL), tudo isso com a produção da equipe do MOV.

Futebol